PousoAlegrenet

Menu

Manifestantes tomam Câmara e dizem só sair quando a tarifa baixar

Cerca de 300 manifestantes foram a câmara. No momento, 28 manifestantes estão dentro da Câmara. Outros estão na rua em frente.

Presidenta da Câmara, a vereadora Dulcineia, não conseguiu conter os manifestantes, deu a sessão por encerrada e registrou boletim de ocorrência. Manifestantes foram obrigados a fazer cadastramento, e se recusam a sair da câmara.

NOTA OFICIAL DO COLETIVO POUSO ALEGRE SOBRE OS ACONTECIMENTOS NA CÂMARA DOS VEREADORES (09/07/2013)

Hoje a mobilização partiu do Mercadão Municipal e se dirigiu à Câmara dos Vereadores. Nós manifestantes nos dirigimos e nos manifestamos como cidadãos no recinto onde ocorria a sessão ordinária.

Logo, com a nossa presença, suspenderam a sessão. Depois a presidenta da Câmara de Vereadores, Dulcinéia, cancelou a sessão.

O motivo de se fazer o fichamento de todo o público presente foi porque a presidenta da Câmara, Dulcinéia, reclamou dizendo que os manifestantes perturbaram os trabalhos da Câmara.

Com isso, diante da reclamação da presidenta da câmara, o Tenente da PM iniciou a averiguação. Como procedimento todos os presentes foram qualificados bem como qualquer outro fato relacionado. E concluído a averiguação, será lavrado um boletim de ocorrência e encaminhado para a Polícia Civil.

Para se informarem, foi esta a acusação da presidenta da Câmara: Art. 42, da Lei das Contravenções Penais (Lei Decreto-Lei nº 3.688/1941).

Alguns vereadores repudiaram o que a presidenta da câmara fez.

Qualquer abuso que ocorrer por parte das autoridades, favor denunciarem ao Ministério Público.

Neste exato momento, nós, o Coletivo, e mais pessoas estamos dentro do plenário e só sairemos quando a tarifa abaixar.

Foto:

Foto: Marcella Haddad

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.