PousoAlegrenet

Menu

Perugini anuncia mudanças no transporte público

Contrariando a expectativa, redução no preço das passagens não esta entre as mudanças

O prefeito convocou a imprensa na tarde desta sexta-feira (05) para anunciar um pacote de medidas para melhorias no transporte público. Oito grandes ações foram elencadas abrangendo investimentos em infraestrutura, criação do Bilhete Fácil com integração de 100% das linhas de ônibus, ações para dar maior fluidez ao trânsito e criação de um órgão regulador para os serviços de água e esgoto, transporte público e limpeza urbana.

Perugini explicou à imprensa que a Prefeitura trabalha desde 2010 com ações imediatas e de médio e longo prazo para garantir fluidez no tráfego, melhor acomodação para os moradores que utilizam o transporte público e a qualidade do serviço. O trabalho integra o Plano de Urbanismo no eixo Trânsito e Transporte. Mas as recentes manifestações por melhorias no transporte coletivo ocorridas em Pouso Alegre e no país incentivaram a administração a criar uma força-tarefa e traçar um plano emergencial para acelerar a implantação de um pacote de medidas que vão elevar a qualidade do transporte público e do atendimento.

O pacote de medidas elenca oito grandes ações: Integração de 100% das linhas com o Bilhete Fácil, revitalização do terminal urbano da Duque de Caxias, implantação de pontos regionais, implantação de corredores de ônibus, implantação de câmeras e GPS em todos os veículos, criação do Departamento Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados, contratação de empresa especializada para realizar um auditoria externa do transporte coletivo e ampliação da fiscalização do serviço. “Trata-se de uma ampla gama de ações que vão melhorar a qualidade do transporte público, dar maior comodidade e segurança para os moradores que utilizam o serviço e torná-lo mais ágil”, projeta o prefeito .

Bilhete Fácil

O Bilhete Fácil vai integrar todas as linhas de ônibus do município. Atualmente, menos de um terço das linhas são integradas e o tempo máximo para o usuário fazer uso dessa opção é de 1 hora. A partir de agora, um morador que precise pegar mais de um ônibus para chegar ao seu destino final terá duas horas para fazer a baldeação de uma linha para outra pagando apenas uma passagem. O prazo para implantação do Bilhete Fácil é de até 30 dias.

Com a implantação do bilhete, um cartão magnético no qual podem ser recarregados créditos para passagem, a empresa concessionária do transporte público em Pouso Alegre, a , vai aumentar a capilaridade de seus pontos de venda. Além dos pontos atuais, um convênio será firmado com as casas lotéricas da cidade e qualquer estabelecimento que se interessar em comercializar o bilhete poderá se cadastrar junto à empresa.

Revitalização da Duque de Caxias

Ponto onibus-duplo

O terminal de ônibus urbano na Avenida Duque de Caxias vai passar por uma ampla reforma nos próximos dois meses. Seu calçamento será totalmente refeito e os dois lados da avenida ganharão cobertura. Serão 14 estruturas cobertas. As mesmas estruturas serão colocadas em algumas das principais ruas e avenidas da cidade. Na Dr. Lisboa, na Rua Comendador José Garcia, na Praça João Pinheiro e na Avenida Alfredo Custódio de Paula.

Pontos regionais de ônibus

Ponto onibus-simples

As quatro grandes regiões da cidade vão ganhar pontos regionais de ônibus. Os abrigos serão colocados nos bairros Cidade Jardim, São Cristovão, São Geraldo e São João. A zona rural também contará com pontos regionais. O investimento em infraestrutura nos pontos e terminais de ônibus de toda a cidade ficará em cerca de R$ 300 mil. Todas as intervenções devem ficar prontas em até 90 dias.

Corredor de ônibus

O fluxo de veículos entre a região sul da cidade e o Centro sofre com uma enorme lentidão devido ao tráfego pesado. É, de longe, o ponto mais sensível do trânsito em todo o município. Para resolver o problema, a Prefeitura vai criar um corredor específico para ônibus na Avenida Vereador Antônio da Costa Rios nos horários de pico. O desafogo do tráfego na região estará completo com a conclusão da avenida sobre o Dique II. As intervenções de tráfego na região serão concluídas em até 120 dias, prazo previsto para a inauguração da avenida sobre o dique.

Departamento de Regulação

O Departamento Municipal de Regulação dos Serviços Delegados vai apertar o rigor da fiscalização em torno dos serviços de água e esgoto, transporte público e limpeza urbana. O objetivo do departamento, que deve entrar em operação em um prazo máximo de 120 dias, é garantir a prestação de serviço de qualidade para a população e o cumprimento integral das cláusulas contratuais, além de garantir transparência e independência na fiscalização dos serviços.

GPS e câmeras em todos os ônibus

Os atrasos constantes de linhas de ônibus e o tratamento recebido dos funcionários do transporte coletivo estão entre as maiores queixas dos moradores que utilizam o serviço. A Prefeitura pretende encerrar o problema com a instalação de GPS e câmeras de vigilância em todos os ônibus da frota.

O monitoramento por GPS vai inibir o atraso das linhas e permitir a criação de um banco de dados para melhorar a logística do transporte, podendo ainda aumentar a eficiência dos ônibus de reforço, que serão acionados com mais rapidez. Além disso, os moradores poderão saber em tempo real, por meio de qualquer aparelho conectado á internet, em que ponto do trajeto está o ônibus no qual pretende embarcar. O serviço estará disponível em até 60 dias.

No caso do monitoramento por câmeras os ganhos vão além da melhoria do tratamento por parte dos funcionários com os passageiros, há também o ganho de segurança. As imagens serão transmitidas em tempo real para um centro de controle, sob o comando do departamento de regulação, que também vai receber os dados enviados pelo GPS.

Auditoria externa

Um estudo aprofundado do transporte público da cidade será feito nos próximos 45 dias. Para tanto, será contratada uma empresa especializada no setor. Sua missão será elencar os pontos a serem melhorados na prestação do serviço, como locais e horários que necessitam de mais ônibus, além das áreas que precisam de investimentos em infraestrutura ou alterações de tráfego. O valor da tarifa cobrada hoje no município também será auditado pela empresa.

Fiscalização

Além da fiscalização já realizada pela Secretaria de Transporte e Trânsito, será implantado um serviço diário de acompanhamento de itinerários, horários de ônibus e da qualidade do atendimento. O trabalho será feito por um agente da secretaria acompanhado de um usuário do transporte coletivo. A partir dos apontamentos feitos por essa fiscalização, a empresa terá que implementar melhorias, sob pena de punições previstas no contrato de prestação do serviço.

Plano de urbanismo

O Plano de Urbanismo da Prefeitura se divide em três eixos: Infraestrutura, Arquitetura e Urbanismo e Transporte e Trânsito. O plano já conta com recursos de cerca de R$ 19 milhões para obras de drenagem urbana, pavimentação e planejamento arquitetônico e paisagístico. Considerado um dos grandes projetos estruturantes do município, ele começou a ser discutido há pelo menos dois anos. Complexo, envolve fontes distintas de recurso e um diálogo profundo com diversos setores da sociedade. Além da Prefeitura, participa da discussão a Associação do Comércio e Indústria (), o Sindicato do Vale do Sapucaí (Sindivale) e o Sebrae.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.