PousoAlegrenet

Menu

Ministério público processa Agnaldo Perugini por Improbidade administrativa

O Ministério Público estadual esta movendo uma ação civil pública contra prefeitura sobre um acordo feito a um ano entre a secretaria de transito e a Promenor. Na ação, o Ministério Público pede o ressarcimento aos cofres públicos de R$ 237.657,77 e o enquadramento do Prefeito e sua esposa nos artigos 12, II e III da lei de Improbidade administrativa. Também é apontado pelo Ministério Público a inoportunidade da época, visto que o mesmo foi implementado em ano de eleições municipais.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.