PousoAlegrenet

Menu

Novos pontos de ônibus começam a ser instalados

Parte do pacote de melhorias formulado para o transporte público em Pouso Alegre, os novos abrigos para pontos de ônibus começaram a ser instalados em fase de testes. O primeiro deles está sendo montado na Praça João Pinheiro. Nas próximas semanas, a estrutura passará pelo crivo dos moradores que utilizam o transporte coletivo.

Mais extensos e confortáveis, os novos abrigos acomodam um número maior de pessoas e possuem adaptação para cadeirantes. Eles serão instalados em algumas das principais ruas e avenidas da região central (Avenida Alfredo Custódio de Paula, Avenida Dr. Lisboa, Rua Comendador José Garcia) e nos pontos regionais dos bairros Cidade Jardim, São Cristovão, São Geraldo e São João. As novas estruturas também serão colocadas no ponto final da Avenida Duque de Caxias, que passará por uma ampla reforma nos próximos meses. O investimento em infraestrutura nos pontos e terminais de ônibus de toda a cidade ficará em cerca de R$ 300 mil.

Pacote de melhorias

A Prefeitura trabalha desde 2010 com ações imediatas e de médio e longo prazo para garantir fluidez no tráfego e melhor acomodação para os moradores que utilizam o transporte público. O trabalho integra o Plano de Urbanismo no eixo Trânsito e Transporte. Mas as recentes manifestações por melhorias no transporte coletivo ocorridas em Pouso Alegre e no país incentivaram a administração a criar uma força-tarefa e traçar um plano emergencial para acelerar a implantação de um pacote de medidas que vão elevar a qualidade e o atendimento no transporte público.

O pacote de medidas elenca oito grandes ações: Integração de 100% das linhas com o Bilhete Fácil (que começa a valer a partir da próxima segunda), revitalização do terminal urbano da Duque de Caxias, implantação de pontos regionais, implantação de corredores de ônibus, implantação de câmeras e GPS em todos os veículos, criação do Departamento Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados, contratação de empresa especializada para realizar uma auditoria externa do transporte coletivo e ampliação da fiscalização do serviço.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.