PousoAlegrenet

Menu

Av. Perimetral começa a ser duplicada

Começaram essa semana as obras de duplicação da Avenida Perimetral, no trecho entre a rotatória do Terminal Rodoviário e a saída para a MG-290. Cerca de R$ 17,8 milhões serão destinados para a duplicação da via. A conclusão dos trabalhos está prevista para o primeiro semestre de 2014. Além dos investimentos estaduais, o município estima aportes de até R$ 2 milhões em licenciamentos ambientais, desapropriações de áreas e iluminação do trecho.

O convênio firmado entre a Prefeitura e o Departamento de Estradas e Rodagens (DER) de Minas Gerais foi firmado em julho de 2012 e levou as assinaturas do prefeito e o coordenador regional do DER, Sebastião Oliveira. A obra se estenderá da rotatória do Terminal Rodoviário de Pouso Alegre até o início da rotatória de acesso à MG-290, no sentido Borda da Mata, próximo ao bairro São João.

As obras de duplicação contemplam as pitas da direita e da esquerda da avenida e se estenderá por 3,56 quilômetros. “É uma obra que os pouso-alegrenses aguardavam com ansiedade. Mais um gargalo infraestrutural que deixaremos para trás. A duplicação significa maior fluidez do tráfego, mais segurança e menos prejuízo para os motoristas que rodavam sobre uma via já bastante desgastada”, avalia o prefeito .

tem_inicio_obras_de_duplicacao_da_avenida_perimetral_66488.jpg

Contenção de enchentes

Além de encerrar um gargalo histórico de uma via chave em Pouso Alegre, a obra viária deve cumprir um segundo objetivo. Proteger a região leste da cidade das enchentes. Isso porque sua base será elevada para que ela integre o sistema de contenção de enchentes do município. No sistema projetado pela Universidade Federal de Itajubá (Unifei), o trecho está identificado como Dique V. A obra protegerá das inundações trazidas pelo período chuvoso a região que se estende da rotatória do bairro São Geraldo até a rotatória de acesso ao bairro São João e, em especial, os moradores do bairro Jardim Yara, localizado na intercessão desses dois trechos.

perimetral-interna-2

O sistema de contenção de enchentes elaborado pela Unifei agrupa cinco diques ou barragens, cujo objetivo é impedir que as águas dos rios Sapucaí, Sapucaí Mirim e Mandu invadam os bairros das regiões Sul, Leste e Oeste durante o período de cheias. Do conjunto de diques, dois estão construídos (Diquinha e Dique II – no bairro São Geraldo), um está parcialmente concluído (Dique I – Avenida Ayrton SennaI), um está para começar (Dique V – na Avenida Perimetral) e outro está em fase de captação de recursos (Dique III – no bairro Faisqueira).

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.