PousoAlegrenet

Menu

Prefeitura inicia obras para aumentar segurança no trânsito do Faisqueira

A Secretaria de Obras começou na sexta-feira (30) a construção de uma série de redutores de velocidade na Avenida Antônio Scodeller, que corta a região do bairro Faisqueira. A intervenção viária integra um conjunto de medidas que está sendo adotado pela Prefeitura para dar mais segurança para pedestres e condutores que utilizam a via.

Esta semana, a Secretaria de Transporte e Trânsito também começa a promover alterações no trecho. Placas e sinalizações horizontais devem alertar motoristas sobre o novo limite máximo de velocidade, que passa a ser de 40 quilômetros por hora. A Secretaria também deve proibir estacionamento de veículos, de ambos os lados da pista, nos trechos mais estreitos do segmento. Para garantir que as regras sejam respeitadas, a fiscalização vai ficar mais rigorosa no local com a ação de agentes de trânsito.

“Nossa maior preocupação com aquela via é garantir que pedestre e ciclistas não fiquem tão expostos ao trânsito, que é mais pesado no local por conta dos caminhões que transportam insumos para as empresas que se concentram na região “, explica o secretário de Transporte e Trânsito Marcos Aurélio. Ele pondera que o fato de a região ter se desenvolvido no entorno de grandes empresas só agrava o problema que tem sua origem na inexistência de planejamento urbano. “É um problema antigo que começamos a enfrentar agora”, diz.

Av. Antônio Scodeller - Imagem: Reprodução Google Street View

Av. Antônio Scodeller – Imagem: Reprodução Google Street View

A concorrência pública para recapeamento completo da avenida já está em andamento. O chamamento para o certame já foi fixado para o final deste mês. Conforme a Secretaria de Obras, o asfalto de toda a extensão da avenida que corta a região será substituído. “Essa foi uma ordem do prefeito que, em junho, recebeu um grupo de moradores em seu gabinete. Essa era uma de suas reivindicações”, aponta o secretário de Obras Wellington Serra.

Dique III

Estreita, a via é pressionada por um tráfego intenso de veículos. Em muitos trechos não sobra espaço sequer para as calçadas e acostamento. “Essa conjuntura aumenta as chances de termos acidentes de trânsito”, avalia Wellington Serra. A prefeitura, no entanto, já tem a solução definitiva para o problema. A construção de uma pista sobre um dique de contenção de cheias que ligará a região à BR-459. Trata-se de uma via moderna e ampla, com espaço exclusivo para ciclistas. O projeto da obra já está pronto. Avaliado em R$ 40 milhões, ele está em fase de captação de recursos junto ao governo federal e deve ser incluído na segunda versão do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II).

Como a obra ainda não tem previsão de início, a prefeitura estuda a construção de outra via alternativa de acesso ao bairro. Com custos menores e de execução mais rápida, o município teria condições de arcar com o investimento, utilizando recursos próprios. “Queremos começar essa obra o mais rápido possível, mas dependemos de fatores como a desapropriação de áreas, o que pode levar algum tempo”, assinala o secretário de Obras.

Reunião com moradores

Os secretários de Obras e Trânsito se reuniram com um grupo de cinco representantes de regiões do entorno do bairro Faisqueira na sexta-feira (30). Na sala de reuniões do Centro Integrado das Mulheres (CIM), Wellington Serra e Marcos Aurélio explicaram aos moradores as medidas que estão sendo adotadas pela Prefeitura para levar mais segurança para o trecho e as dificuldades que o poder público encontra para resolver de forma definitiva o problema. Os moradores listaram sete reivindicações. Seis delas, já constavam na lista de melhorias propostas pela Prefeitura para a avenida.

Secretários de Obras e Trânsito reunidos com moradores do Faisqueira

Secretários de Obras e Trânsito reunidos com moradores do Faisqueira

As reivindicações dos moradores foram as seguintes: asfaltamento da avenida Antônio Scodeller e áreas adjacentes; calçadas para pedestres e sinalização em blocos para dividir as pistas; outra via de acesso ao bairro; maior número de redutores de velocidade; base comunitária da Polícia Militar; fiscalização efetiva nas ruas onde houver proibição de estacionamento; melhorar a sinalização para área escolar nas imediações da Escola Municipal ‘Doutor Vasconcelos Costa’.

Os secretários assumiram o compromisso de atender todas as reivindicações dos moradores, em especial, aquelas que estão diretamente ligadas à competência da Prefeitura. No caso da instalação de uma base comunitária da PM no local, a administração se comprometeu a fazer gestões junto ao comando militar para avaliar inclusive a possibilidade de se estabelecer uma parceria entre o município e a corporação. Para selar os compromissos assumidos pelo governo municipal, o prefeito recebe os representantes da comunidade do bairro Faisqueira na manhã desta terça-feira (03), às 10h, em seu gabinete.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.