PousoAlegrenet

Menu

Pouso Alegre já criou 2,5 MIL empregos este ano

Com os quatro principais setores da economia contratando, Pouso Alegre encerrou o mês de setembro com 499 novas vagas formais de trabalho. Os dados, divulgados na tarde desta quarta-feira (16), são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão estatístico do Ministério do Trabalho. Com o resultado, o município superou a marca de 2,5 mil empregos criados no acumulado do ano. O período, no entanto, marcou a retomada dos setores de comércio e construção civil. Esses segmentos voltaram a ganhar fôlego, somando forças com a indústria e o setor de serviços, que vinham garantindo o bom desempenho do mercado de trabalho nos últimos meses.

A exemplo do mês anterior, em setembro, foi mais uma vez o setor de serviços que criou o maior número de oportunidades, 182. Ele foi seguido de perto pelo comércio (176), que até então apresentava um desempenho moderado no ano. Também com bom desempenho, a indústria (108) manteve sua contribuição, seguida pela construção civil (57).

O resultado no acumulado do ano faz a cidade se aproximar de sua melhor marca, atingida em 2010, na série histórica elaborada pelo Caged, ano em que a cidade criou 3,2 mil postos de trabalho. “Analisando o bom desempenho de todos os setores só podemos concluir que a economia do município está cada vez mais dinâmica. Todos os segmentos estão gerando emprego e renda”, avalia o secretário de Desenvolvimento Econômico .

Para o prefeito , os índices elevados de geração de emprego, estatística que se mantém positiva há pelo menos quatro anos, comprovam a eficácia da política de incentivos da Prefeitura voltada para o setor produtivo e para o empreendedorismo. “Pouso Alegre é destaque na mídia nacional pela atração de grandes investimentos, mas, aqui, nós sabemos que o trabalho vai muito além. Agora mesmo, estamos realizando um seminário voltado para as micro e pequenas empresas com foco na capacitação, troca de experiências e disponibilização de conhecimento para esses empreendedores”, considera.

Curtiu? Deixe seu recado!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.