PousoAlegrenet

Menu

Perugini anuncia expansão da atenção básica e aumento de recursos para saúde

O prefeito Agnaldo Perugini e o secretário de Saúde Dr. Luis Augusto Cardoso fizeram um balanço das principais ações da pasta, projetaram aumento dos recursos para o setor com a adoção do Sistema de Gestão Plena e expansão da Atenção Básica para todas as regiões da cidade

Levar unidades básicas com Estratégia de Saúde da Família, Farmácias Comunitárias e Saúde Bucal para todas as microrregiões da cidade. Elevar o orçamento da Saúde de R$ 35 milhões anuais para R$ 100 milhões. O prefeito e o secretário de Saúde Luis Augusto Cardoso anunciaram as metas como parte da nova política de Saúde adotada pelo município em 2013 e fizeram um balanço dos resultados já obtidos a partir do programa ‘Saúde mais Perto de Você’, lançado no final de setembro, e da frente de articulação política que atua junto ao Ministério da Saúde. O pronunciamento foi feito na manhã desta terça-feira (12), na sala de reuniões do gabinete da Prefeitura, em uma coletiva de imprensa que reuniu veículos de Pouso Alegre e região.

A ampliação dos recursos para a Saúde será possível graças à implantação do Sistema de Gestão Plena da Saúde. O Sistema vai permitir ao município aderir aos programas, metas e serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) diretamente com o Ministério da Saúde. Com isso, pode triplicar os investimentos no setor até o final de 2014, passando de uma receita média de R$ 35 milhões anuais para perto de R$ 100 milhões. “Nós deixaremos de ter o Estado como intermediário e receberemos os recursos diretamente do governo federal”, conta o prefeito .

Além de elevar os recursos para o setor, a novo formato de gestão permite que o município seja o contratante dos serviços de média e alta complexidade prestados à população. “A gestão plena nos dá autonomia para fiscalizar os serviços prestados à população e ampliam as cotas de exames e procedimentos a que os moradores de Pouso Alegre têm direito”, explica o secretário de Saúde Luis Augusto Cardoso.

interna-2

Atenção Básica

A ampliação dos serviços que compõem a rede de Atenção Básica à Saúde – Estratégia de Saúde da Família (ESF), Farmácias Comunitárias e programa de Saúde Bucal – se dará dentro do programa ‘Saúde Mais Perto de Você’. Hoje com 21 equipes, as equipes de ESF devem somar 23 até o final de dezembro. Outras 12 se somam ao programa, à média de quatro por ano, nos próximos três anos, ampliando a cobertura para mais de 90% até 2016. As farmácias comunitárias já chegaram a três regiões da cidade, nos bairros São João, Faisqueira e Foch. O resultado disso foi um aumento de até 30% no montante de medicamentos distribuídos para a população, batendo a marca de 17,2 mil atendimentos por mês. Já o programa de Saúde Bucal está presente em 21 unidades de saúde. Este ano, deve atender 22 mil pessoas.

O planejamento final da ampliação da Atenção Básica prevê a integração de todos os serviços. “Nossa meta é chegar a 2016 com todas as regiões da cidade cobertas pelas equipes de ESF, farmácias comunitárias e serviço de saúde bucal. Ao final desse processo, todas as unidades de saúde deverão oferecer os serviços de maneira integrada. Por isso, chamamos o programa de ‘Saúde Mais Perto de Você’. Os pouso-alegrenses terão uma rede completa de atenção básica muito próximo de suas casas”, explica o secretário de Saúde.

Balanço

Antes de responder as perguntas da imprensa, Perugini apresentou um resumo das principais ações da administração na Saúde. Frisou a conquista de repasses extras junto ao Ministério da Saúde de cerca de R$ 7 milhões. A verba está sendo utilizada na reforma de 10 postos de saúde e construção de outras cinco unidades, além de uma Unidade Pronto Atendimento 24 horas. Ainda segundo o balanço apresentado pelo prefeito, o município investirá, apenas de recursos próprios, cerca de R$ 38,5 milhões no setor até o final de 2013.

Perugini pontuou os eixos centrais da política pública de saúde posta em prática no município. Destacou a postura proativa da Secretaria. De acordo com o prefeito, o trabalho se desenvolve em duas frentes. A primeira delas baseia-se no aprimoramento da atenção básica à saúde, com investimentos em infraestrutura, reformulação de processos administrativos e de base de dados, contratação e treinamento de pessoal, aumento da cobertura das ESFs, além de inclusão do município em novos programas do governo federal.

A outra frente é justamente a liberação de procedimentos de alta complexidade para serem exercidos no município, como é o caso da oncologia e das cirurgias endovasculares, recém-liberadas para a cidade, e da oncopediatria, em processo final de credenciamento junto ao Ministério.

Nova sede

Prefeito e secretário aproveitaram a coletiva para informar o cronograma de mudanças dos setores administrativos, de estoque, de marcação de exames e consultas para a nova sede da Secretaria de Saúde. Divididos em prédios ao longo da região central, esses departamentos se concentram, a partir de dezembro, em um único, na Rua Comendador José Garcia.

O prédio, recém construído, tem 3,5 mil metros quadrados de extensão divididos em 5 pavimentos. Inteiramente adaptada para pessoas com deficiência, a nova sede dispõe ainda de dois elevadores modernos. O secretário de Saúde explicou que o atendimento continua sendo realizado nos prédios antigos até que a nova sede esteja apta a fazê-los de forma integral. “No prazo de 30 a 40 dias, a nova sede vai poder prestar todos os serviços, reunindo a base de operações de quatro departamentos distintos”, projetou o secretário. Ele acentuou que o processo de mudança vai ocorrer sem interrupção do atendimento.

Afastamento do vice

Questionados sobre o afastamento do vice-prefeito Mário Lúcio Mattozo da gestão política da Saúde, Perugini e Luis Augusto reafirmaram surpresa com a atitude. Ambos informaram ter ficado sabendo da notícia por meio da imprensa. “Recebemos essa notícia com muita surpresa. Não falei com o Mário, que é meu amigo pessoal. Como ele, faço parte da equipe de UTI do Samuel Libânio. Mas posso garantir que a Secretaria de Saúde recebeu todo apoio do prefeito ”, afirmou o secretário.

Para Luis Augusto, todas as conquistas que começam a ser obtidas na Saúde não seriam possíveis sem o apoio incondicional do prefeito . “Toda essa empolgação que estou demonstrando não é à toa. Estou animado porque acreditamos nesse trabalho e temos certeza de que o seu resultado será a melhoria dos serviços de saúde para a população”, concluiu.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.