PousoAlegrenet

Menu

Vice-prefeito critica e rompe com administração Perugini

Mário Lúcio Matozo decidiu deixar o cargo de gestor Político da Saúde. Decisão foi tomada quase um ano depois de assumir sua candidatura junto a Perugini.

O vice-prefeito de Pouso Alegre, Mário Lúcio Mattozo (PMDB) comunicou publicamente que esta se afastando do cargo de gestor Político da Saúde.

Anuncio foi feito quase um ano após candidatura

Anuncio foi feito quase um ano após candidatura

Em uma carta aberta, Mário Lúcio explicou os motivos que o levaram a tomar tal decisão. O vice-prefeito afirma que existe falta de apoio da atual administração, e que esta não enxerga a saúde pública como prioridade. Ele também afirma que a atual administração não valoriza a estrutura do hospital das Clínicas Samuel Libânio.

Mário Lúcio continuará como vice-prefeito.

Carta Aberta. Reprodução Jornal do Estado

Carta Aberta. Reprodução Jornal do Estado

Resposta do Prefeito

Em nota enviada a EPTV, o prefeito disse que o comunicado do vice-prefeito foi visto com espanto e que achou inexplicável a atitude do vice-prefeito. Ele achou estranho o fato do comunicado ser feito primeiro a um veiculo de comunicação. Na nota, o prefeito rebate a declaração de que o vice-prefeito foi impedido de fazer melhorias na saúde, afirmando que Mário Lúcio teve total autonomia para trabalhar.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.