PousoAlegrenet

Menu

Mutirão da Catarata vai devolver a visão a centena de pousoalegrenses

O ano de 2014 vai chegar com luz e cores para mais de uma centena de pouso-alegrenses vítimas da catarata. Eles participam de mais uma mobilização do programa de cirurgias eletivas da Prefeitura. É o Sétimo Mutirão da Catarata. Na próxima quarta-feira (18), 140 pacientes passam pelo procedimento cirúrgico na Policlínica do São Geraldo. Nesta terça (10), também na unidade de saúde, eles foram submetidos à biometria óptica, a última série de exames da fase preparatória para o procedimento.

“Feita a biometria óptica, quando é avaliada a extensão da catarata e se o paciente possui outros problemas de visão, já podemos seguir para a cirurgia”, explica a chefe de Mutirão no município, Andréa Cardoso.

catarata-interna-3

Desde dezembro de 2011, o mutirão da Prefeitura operou mais de 1,7 mil pessoas. Apenas este ano, foram três mutirões, com 755 procedimentos realizados. A equipe de profissionais é composta por dois médicos e 10 enfermeiros contratados por meio do Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Municípios do Alto Rio Pardo (CISMARPA). O grupo é reforçado por 15 profissionais da rede municipal, dentre eles enfermeiros e uma equipe de orientadores que e cuida da documentação necessária para a realização da cirurgia.

O prefeito lembra que as cirurgias eletivas vão ganhar mais espaço no programa de saúde do município. “Com a implantação da Gestão Plena da Saúde, novos procedimentos farão parte das cirurgias eletivas. Cada vez mais, vamos ampliar a capacidade de o município resolver os problemas de saúde dos moradores”, aponta.

catarata-interna-1

Para o secretário de Saúde, o médico Luis Augusto Cardoso, os mutirões de catarata legaram ao município uma boa experiência no campo das cirurgias eletivas. “Este conhecimento nos capacita a realizar novos procedimentos por meio de mutirões, prática já consagrada para o trato das cirurgias eletivas”, afirma.

A cirurgia
O procedimento cirúrgico da catarata é considerado de baixa complexidade, com anestesia local e sem necessidade de internação. Os pacientes são recebidos com café da manhã, passam por uma aferição de pressão e um teste de glicemia. Com o resultado dos exames normais, estão prontos para a cirurgia, que dura cerca de cinco minutos. As cirurgias da próxima semana começas às 6h e seguem até às 20h.

Como participar
Para participar dos mutirões, o morador deve antes passar por uma consulta com um oftalmologista. O agendamento pode ser feito no Departamento de Marcação de Consultas pelo telefone 0800-283-4389. A partir da primeira consulta, o paciente será encaminhado para o mutirão. “O acompanhamento da Secretaria de Saúde garante que o paciente chegue ao dia da cirurgia totalmente preparado para o procedimento”, explica Andréia Cardoso.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.