PousoAlegrenet

Menu

Policiais são presos suspeitos de cobrar propina para liberar golpistas

Eles teriam cobrado R$ 100 mil para liberar quadrilha que aplicava golpes através de sites na internet. Parte da quadrilha foi presa em Pouso Alegre.

Um delegado de Ouro Fino (MG), um investigador da Polícia Civil e um servidor público que trabalhavam na Delegacia de Borda da Mata (MG) foram presos preventivamente por suspeita de cobrar propina para livrar da cadeia uma quadrilha que aplicava golpes na internet.

Os três também estão sendo investigados por suspeita de omitir informações. Segundo o Ministério Público, os suspeitos teriam cobrado R$ 100 mil da quadrilha. Em depoimento, a quadrilha confirmou o pagamento de propina aos policiais.

O advogado da quadrilha, que teria intermediado o pagamento, informou que deve se entregar nesta quarta-feira (4).

A quadrilha havia sido presa em Pouso Alegre e Borda da Mata na última quarta-feira (27).

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.