PousoAlegrenet

Menu

Duas creches desmentem comunicado na internet

Creches Irmã Esther Parreira e Jesus Maria José desmentem nota e afirmam que não suspenderão suas atividades. Outras creches afirmaram que suspenderão atividades caso não haja o repasse de verbas. Manifestação deve acontecer nesta terça-feira as 17h em frente a Câmara.

Creche Jesus Maria José deve iniciar atividades normalmente

Creche Jesus Maria José deve iniciar atividades normalmente

O Movimento Social de Promoção Humana (MSPH), responsável pela administração das creches Irmã Esther Parreira, no bairro São João, e Jesus Maria José, no bairro São Geraldo, enviou uma carta ao prefeito na qual desmente as afirmações feitas em seu nome em um comunicado que circula nas redes sociais e em parte da imprensa. No documento, Jaime Claret da Costa Coelho, presidente do MSPH, deixa claro que não subscreveu o comunicado, como faz crer seus autores, e pede ajuda à Prefeitura para “divulgar a correta informação a fim de estabelecer a verdade e encerrar os transtornos sociais causados”.

Desde sexta-feira (24), circula um comunicado supostamente assinado por seis entidades sociais da cidade que mantém creches em funcionamento. De acordo com ele, essas instituições interromperiam a prestação do serviço por falta de recursos financeiros. O MSPH, citado entre as instituições, deixa claro que suas atividades não serão interrompidas e estão sendo desenvolvidas normalmente. “Fatos inverídicos estão a prejudicar a imagem de nossa entidade e a gerar conturbação social”, adverte na carta.

Leia a carta na integra

Carta enviada ao prefeito desmente nota que circula na internet. Imagem: Divulgação Prefeitura de Pouso Alegre

Carta enviada ao prefeito desmente nota que circula na internet. Imagem: Divulgação Prefeitura de Pouso Alegre

O prefeito se indignou com a divulgação de um comunicado que se apóia em informações inverídicas, e que beiram à manipulação de pessoas para criar transtornos para a população.

“O poder público e as entidades sociais se esforçam para oferecer um serviço de qualidade imprescindível para as famílias. Assumimos o compromisso de oferecer creche para todas as crianças e estamos trabalhando para que isso se torne realidade com a construção de seis unidades de educação infantil do Proinfância. O que não podemos aceitar que se trate um assunto sério desses com irresponsabilidade. Dizer para população que uma creche vai fechar quando não vai é criar incertezas e preocupação para pessoas que já têm grandes desafios para superar”, manifestou.

Segundo a Prefeitura de Pouso Alegre, Para 2014, já está aprovado o repasse de R$ 3,168 milhões. Mesmo assim, funcionários de outras creches da cidade afirmam que irão realizar uma manifestação em frente a câmara dos vereadores nesta terça-feira (28).

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.