PousoAlegrenet

Menu

Entrevista: Juiz de Pouso Alegre comenta porque o FGTS deve ser corrigido

Em Pouso Alegre cerca de 1.000 trabalhadores entraram na justiça pedindo a revisão do FGTS

O juiz federal Márcio José de Aguiar Barbosa, da 1ª Vara da Subseção Judiciária de Pouso Alegre (MG), deu uma entrevista para a rádio “Gaucha”, do Rio Grande do Sul. Na entrevista o juiz comenta sobre sua decisão de condenar a Caixa Econômica Federal a recalcular a correção do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) de um correntista desde 1999. A decisão do Juiz pode influenciar o rumo dos julgamentos de mais de 15 mil ações de trabalhadores no Brasil, e ganhou destaque na mídia nacional. Ainda de acordo com o Juiz, em Pouso Alegre já existe cerca de 1.000 processos sobre o assunto.

Confira a entrevista na integra abaixo:

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.