PousoAlegrenet

Menu

Mercado municipal começa a ser revitalizado

Com investimento de R$ 180,6 mil, reforma inclui pintura, revitalização do teto e outras adequações. Intervenções vão preservar características arquitetônicas do prédio

mercado-3

Teve início esta semana a revitalização de um dos prédios mais icônicos de Pouso Alegre, o do Mercado Municipal. Com investimento de R$ 180,6 mil, a Prefeitura vai dar nova pintura ao imóvel, reformar seu teto e promover uma limpeza profunda em seu interior. As intervenções, entretanto, não devem alterar as características arquitetônicas da dependência que abriga o mais tradicional comércio da cidade.

Construído ainda no século XIX, em 1894, o Mercadão é um dos pontos de grande aglomeração de pessoas, com forte apelo turístico. Seus produtos regionais atraem consumidores de diversos lugares. Verduras, frutas, artesanato, quitutes e bebidas típicas satisfazem o consumo de até 3 mil pessoas todos os dias. “Estamos iniciando esse processo de revitalização. É ainda uma primeira fase de obras. Aos poucos, vamos revitalizar totalmente o prédio de um dos nossos cartões postais”, propõe o prefeito .

A obra está sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Ação Regional (SMDE). O chefe da pasta, , explica que boa parte do investimento será direcionada à estrutura do telhado. “O telhado está bastante desgastado. A prioridade dessa reforma é sua recuperação”, informa. De acordo com ele, os trabalhos se estenderão pelos próximos dois meses. “Nesse período, ainda vamos reformar os banheiros, fazer reparos hidráulicos e elétricos e dar nova pintura ao prédio”, completa.

Mercadão conta a história de Pouso Alegre

O dinamismo do comércio e as peculiaridades que marcam o Mercadão fizeram do prédio centenário um bem cultural dos pouso-alegrenses. Em dezembro de 2013, ele foi tombado como Patrimônio Imaterial do município. Seu simbolismo e envolvimento com a comunidade faz de sua trajetória histórica um roteiro que narra também o cotidiano local. É desse ponto de vista que parte o livro “Mercado Municipal de Pouso Alegre – O Cotidiano na Cidade”, lançado no sábado, 14. De autoria dos historiadores Fernando Henrique do Vale e Ana Eugênia Nunes, a obra consagra o Mercadão como patrimônio municipal. Como declarou a professora Ana Eugênia: “Ele tem valor histórico, cultural e afetivo, principalmente para as antigas gerações. Eu, como professora, pretendo passar essa ideia para os jovens”, propôs.

Para o prefeito , os valores presentes desde sempre no Mercado Municipal, de proximidade e da relação sempre cordial entre as pessoas, mais do que preservados, devem servir de espelho para as futuras gerações. “O que o poder público pode oferecer nesse sentido, além de educação de qualidade baseada em valores humanísticos, é a preservação desses símbolos. O Mercado Municipal tem importância histórica e cultural, mas também social e econômica. Preservá-lo é conservar viva uma parte importante da história dos pouso-alegrenses”, considera.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.