PousoAlegrenet

Menu

Segurança com a rede elétrica é fundamental para a alegria do pré-carnaval

16 pessoas morreram eletrocutadas devido a um acidente com uma serpentina no Carnaval de 2012, em bandeira do Sul, no sul de Minas.

Segurança com a rede elétrica é fundamental para a alegria do pré-carnaval

Segurança com a rede elétrica é fundamental para a alegria do pré-carnaval

Várias cidades do Estado já estão em clima de folia e promovendo, nos finais de semana, o tradicional pré-carnaval, antecedendo a maior festa popular do país, que este ano ocorre entre 1º e 4 de março. Dessa forma, para que os foliões possam se divertir com segurança, a Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig  alerta a população sobre os riscos de acidentes com a rede elétrica.

Segundo o engenheiro de normalização e tecnologia Demétrio Venício Aguiar, da Cemig, a montagem de palanques requer a atenção dos organizadores do evento para a existência das redes elétricas aéreas e subterrâneas, caso seja necessário algum tipo de escavação.

“Os palanques devem ter sua altura calculada para não se aproximar da rede elétrica. A montagem e a desmontagem dessas estruturas devem ser feitas com cuidado para que nenhum material se aproxime dos fios da rede durante a movimentação. Veículos de som e trios elétricos requerem uma verificação prévia do trajeto, para evitar a aproximação de suas partes ou de seus ocupantes dos fios e equipamentos da rede elétrica, respeitando-se a distância mínima de 1,5 metro”, afirma.

Ainda com relação aos trios elétricos, o engenheiro salienta que os cuidados devem ser redobrados, uma vez que podem ocorrer acidentes com hastes de bandeiras na rede.

Demétrio Venício Aguiar ressalta que deve haver muita precaução com as emendas dos fios usados em ligações provisórias de barracas ou equipamentos de som. Deve-se usar sempre um elemento isolante e com boa capacidade de proteção contra descarga elétrica.

Os organizadores da folia devem ficar atentos, pois somente profissionais qualificados e com a autorização da Cemig podem realizar esse serviço. “Não é permitido fazer ligações clandestinas, pois o risco de acidentes é muito grande. Existem casos em que esse procedimento irregular já causou incêndios com pessoas feridas”, destaca o engenheiro.

Demétrio Aguiar alerta sobre o prazo de atendimento para ligações provisórias desses eventos. Segundo o especialista, o ideal é que os requerimentos sejam enviados à Cemig com, no mínimo, dez dias de antecedência.

Outro cuidado diz respeito à instalação de equipamentos elétricos, como aparelho de som e refrigeração. O engenheiroatenta para a necessidade de manter esses equipamentos distantes de duchas, piscinas ou qualquer ambiente onde houver água.

Em caso de acidente com a rede elétrica, as solicitações de atendimento podem ser feitas pelo Fale com a Cemig, no telefone 116. A central de atendimento funciona 24 horas, e a ligação é gratuita. A população também pode acionar o Corpo de Bombeiros ou a Polícia Militar: o telefone dos Bombeiros é 193 e o da PM é 190. A ligação também é gratuita.

Serpentinas metálicas

A comercialização das serpentinas metálicas está proibida desde 2012, pela Lei estadual 20.374. Em caso de descumprimento, o infrator ficará sujeito às penalidades previstas no Código de Defesa do Consumidor. A Cemig chama a atenção da população sobre os perigos da utilização de serpentina metálica e os riscos de acidente com a rede elétrica.

“As serpentinas têm partículas metalizadas e, quando concentradas, elas podem causar curto-circuito nas redes de alta-tensão e provocar acidentes. Por precaução, as pessoas não devem atirar nenhum objeto em direção à rede elétrica”, destaca Demétrio Venício Aguiar.

Recomendações

Iluminação, enfeites e alegorias

  • Não lançar artefatos – como serpentinas, confetes, entre outros, na rede elétrica, sejam metálicos ou não.
  • Antes de fazer qualquer ligação elétrica ou de instalar enfeites e alegorias, consultar a Cemig.
  • Não instalar nenhum enfeite próximo à rede elétrica.
  • Não fazer ligações clandestinas (gatos).
  • Não jogar líquidos, sprays e água na rede elétrica. Há risco de choque elétrico.

Trios elétricos e carros alegóricos

  • Não trafegar sob a rede elétrica energizada, pois a altura desses veículos poderá ser maior que a dos fios elétricos.
  • Observar a existência da rede elétrica e tomar cuidado para não tocá-la.
  • Considerar a altura do veículo e das pessoas sobre ele em relação à fiação da rede elétrica e demais obstáculos.

Palanques para apresentação de shows

  • A montagem e a desmontagem devem considerar a existência das redes elétricas aéreas e, em caso de escavação, subterrâneas.
  • A fixação das coberturas deve ser bem feita para evitar o desprendimento e possível projeção contra a rede elétrica.

Aparelho de som, refrigeração e churrasqueiras elétricas

  • Não ligar aparelhos elétricos próximo a duchas ou piscinas.
  • Evitar improvisos (gambiarras), pois eles aumentam o risco de acidentes com a rede elétrica.

Fios partidos (acidentalmente)

Ao encontrar um fio elétrico partido, caído ao solo, não se aproximar e não deixar ninguém se aproximar do cabo, que poderá estar energizado. Ligar imediatamente para o Fale com a Cemig, no telefone 116 – que funciona 24 horas por dia –, e aguardar a chegada dos técnicos da Empresa.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.