PousoAlegrenet

Menu

Velocidade máxima na Dique 2 será de 60 km/h

Acesso à via sobre o Dique 2 pela região dos bairros Santa Rita e Jardim Canadá está sendo sinalizado esta semana. Motoristas devem ficar atentos às mudanças

Foto: Prefeitura de Pouso Alegre

Velocidade máxima na será de 60 km/h. Foto: Prefeitura de Pouso Alegre

A Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) já prepara a sinalização dos acessos à via sobre o , a Avenida Vereador Hebert de Campos. Esta semana o trabalho se concentra na região dos bairros Santa Rita e Jardim Canadá, acesso da região Sul à via. A pasta pede atenção aos motoristas. Apesar da avenida não estar aberta, algumas alterações de tráfego já passam a valer com as mudanças.

O secretário de Transporte e Trânsito, Marcos Aurélio, explica que a intervenção, além de preparar o acesso ao , aproveita para fazer alguns ajustes na sinalização dos bairros.

“Temos alguns problemas pontuais para corrigir, tendo em vista que, mesmo antes da construção da avenida esses bairros apresentavam um aumento gradativo de fluxo de veículos. A nova realidade exige uma organização mais eficiente do trânsito”, avalia.

A maior preocupação da secretaria reside na mediação do tráfego entre quem sairá da avenida e quem estiver trafegando pela Avenida Major Rubens Storino. “Nesse ponto, os veículos terão que ficar atentos à sinalização para quem entra e sai da avenida e para quem trafega pela Rubens Storino”, atenta. Para facilitar o acesso à avenida sobre o , os trechos da Rubens Storino divididos pelo canteiro central passarão a ser mão única. Um deles conduzirá no sentido Cidade Vergani, outro no sentido Jardim Aureliano.

Sinalização da avenida
O projeto de trânsito da avenida está em análise na Prefeitura. A proposta foi elaborada pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais, a . Para honrar uma multa de R$ 22 milhões com o município, a empresa ficou responsável pela construção da avenida. Integrou os trabalhos o projeto e a execução da sinalização de trânsito. Marcos Aurélio adianta que algumas alterações precisarão ser feitas, mas nada que atrase a liberação da via para o tráfego, prevista para o final de março.

A avenida deve ter velocidades máximas estabelecidas entre 40 quilômetros por hora, em suas extremidades e pontos de confluência com outras vias, e 60 por hora, ao longo do seu segmento expresso.

“Estamos trabalhando por uma sinalização impecável. Afinal, a avenida estará entre as mais movimentadas da cidade. Por isso, nossa preocupação com a segurança é grande”, destaca o secretário.

Fonte: Prefeitura de Pouso Alegre

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.