PousoAlegrenet

Menu

Minas renova acordo de irmandade com província sede da XCMG

Província de Jiangsu é o estado sede da XCMG, fabricante de máquinas chinesa que está investindo R$ 1 bilhão em Pouso Alegre

Acordo foi assinado por Antonio <a class='post_tag' href='http://pousoalegre.net/topicos/anastasia/' >Anastasia</a> e pelo governador da Província de Jiangsu, Fu Ziying. Foto: Daniel Messias

Acordo foi assinado por Antonio e pelo governador da Província de Jiangsu, Fu Ziying. Foto: Daniel Messias

O governador de Minas Gerais, Antonio , e o governador da Província de Jiangsu, Fu Ziying, assinaram o acordo de renovação dos laços de irmandade entre as duas regiões, nesta quinta-feira (06), em Nanjing, capital da província chinesa. O memorando prevê a intensificação da cooperação estabelecida nos últimos 18 anos, em que ocorreram parcerias no âmbito econômico e cultural, além de intercâmbios amistosos.

Os objetivos da renovação das relações de irmandade são facilitar obras em todas as áreas, incentivar a intensificação da cooperação econômica e comercial, fornecendo informações e consultoria para investimentos bilaterais, apoiar suas agências de promoção comercial, além de exposições, conferências e seminários. O acordo prevê, ainda, parceria no âmbito cultural e intercâmbio profissional e desportivo.

Para o governador Antonio , a renovação do acordo com a Província de Jiangsu é extremamente importante nesse processo. “Dentro das relações que temos com a China, o maior parceiro comercial de Minas Gerais, a cooperação com Jiangsu é uma das mais relevantes para nós. Assim como esta província no contexto chinês, Minas ocupa uma posição de destaque na Federação Brasileira. Temos muito orgulho de ter essa parceria desde 1996, que já permitiu diversas iniciativas mútuas nas áreas econômica, social e cultural. Tenho certeza de que vamos avançar ainda mais nessa cooperação. Os exemplos de desenvolvimento e pujança econômica de Jiangsu nos estimulam a buscar o mesmo caminho”, destacou .

De acordo com o governador de Jiangsu, o Brasil está cada vez mais estratégico para a China, por isso o interesse em acordos e parcerias com regiões que têm potencialidades e que se assemelham com a província chinesa. “Temos empresas nossas em Minas Gerais, como a , e isso é muito importante para nós. Queremos ampliar a parceria, estimular a ida de mais empresas e ajudar no que for necessário para o desenvolvimento do Estado irmão. Sabemos, também, que podemos contar com Minas Gerais para prosperarmos, por isso a relevância desta renovação do nosso antigo acordo”, disse Fu Ziying.

Jiangsu está localizada na costa leste da China e é uma das províncias de maior dinamismo econômico do país. Nanjing, que tem cerca de 8 milhões de habitantes, apresenta uma ótima vantagem comparativa devido à sua localização estratégica, configurando-se como porto de entrada e distribuição de produtos ao resto da China (954 quilômetros de litoral no Mar Amarelo), além da proximidade com Xanghai, Taiwan e Japão.

Parceria antiga

O acordo de irmandade entre o Governo de Minas e a Província de Jiangsu foi firmado em março de 1996, com o intuito de registrar o bom relacionamento já existente entre ambos, exprimido através de acordos, principalmente na área tecnológica. Desde então, missões têm sido estabelecidas entre os dois Estados, abrangendo áreas econômica, da educação, ciência e tecnologia, mineração, comércio e cultura, entre outras.

Em maio de 2004, o governador e o então governador de Jiangsu, Liang Baohua, assinaram memorando de entendimento ampliando o acordo de cooperação entre Minas Gerais e a província chinesa.

Cooperação com o Indi

Também foi assinado, durante encontro com o governador da Província de Jiangsu, em Nanjing, um acordo de cooperação entre o Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi) e a Câmara de Comércio de Jiangsu, com o objetivo de buscar interesses comuns no desenvolvimento de negócios e na colaboração internacional, estabelecendo um relacionamento de cooperação entre as duas organizações.

Este acordo prevê que o Indi e a Câmara de Comércio explorem oportunidades para o benefício mútuo, incluindo, especialmente, incentivo aos investimentos, intercâmbio de informações nas áreas de políticas públicas, comércio e eventos, identificação de possíveis áreas de investimento que ajudarão a gerar fluxos de investimentos entre as duas regiões, além de assistência às empresas das duas regiões e facilitação da comunicação com órgãos e agências de governo.

O acordo foi assinado pela presidente do Instituto, Mônica Cordeiro, e pelo vice-presidente da Câmara de Comércio de Jiangsu, Gui Dexiang.
Fonte: Agência Minas

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.