PousoAlegrenet

Menu

Fuvs responde ofício da Câmara cobrando prefeitura

A Comissão Especial de Investigação da Fuvs recebeu documentos requisitados há uma semana

A Fundação Vale do Sapucaí (Fuvs) respondeu, nesta semana, ao ofício enviado pela Câmara na semana passada. A Casa abriu uma Comissão Especial de Investigação (CEI) para analisar as contas da instituição e solicitou uma série de documentos. Na resposta, o reitor da Fuvs cobrou da prefeitura o pagamento de uma dívida que existiria entre o município e o Hospital das Clínicas Samuel Libânio.

Desde meados de 2013, a administração municipal e a Fuvs travam uma queda-de-braço em torno do hospital. A fundação afirma que a prefeitura deve mais de R$ 3 milhões em repasses para tratamento dos pacientes da cidade. A administração, por sua vez, nega que a dívida exista e anunciou no começo do ano que vai cuidar diretamente das verbas destinadas ao hospital por meio da gestão plena da saúde.

Na sessão de terça-feira (29), o vereador leu a resposta da Fuvs durante o seu tempo de tribuna depois de ter negado, pelo presidente da Casa, o pedido de leitura do ofício no período de apresentação do expediente legislativo.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.