PousoAlegrenet

Menu

“Minha casa, minha vida” tem cadastro reaberto em Pouso Alegre

Prefeitura vai firmar mais três contratos com a Caixa Econômica Federal para a construção de cerca de mil unidades habitacionais no município. Podem se inscrever famílias com renda de até R$ 1,6 mil, residentes há pelo menos três anos na cidade

A Prefeitura de Pouso Alegre abriu novo período para inscrições e atualizações no cadastro municipal de habitação. O banco de dados é utilizado para seleção das famílias que vão participar do programa “Minha Casa, Minha Vida”. A atualização antecede a assinatura de mais três contratos pelo programa entre o município e a Caixa Econômica Federal (CEF). Cerca de mil moradias serão construídas através dos convênios na região do bairro São João. Os empreendimentos, que serão anunciados oficialmente nos próximos meses pela Prefeitura, têm entrega prevista para 2015.

"Minha casa, minha vida", bairro São João. Foto: Divulgação Ascom PMPA

“Minha casa, minha vida”, bairro São João. Foto: Divulgação Ascom PMPA

O cadastro deve ser feito na Secretaria Especial de Habitação, das 8h às 18h, na Rua do Rosário, 178, Centro. Podem se inscrever famílias com renda de até R$ 1,6 mil, residentes no município há pelo menos três anos. O chefe da pasta, Sebastião Camilo, recomenda àqueles que se inscreveram antes de outubro de 2011 a fazerem novo cadastro.

“A partir dessa dada os dados foram informatizados. As informações anteriores podem não ter consistência. Por isso, recomendamos que essas famílias procurem novamente a Secretaria”, explica.

Ademais, devem atualizar seus dados famílias que mudaram de endereço, telefone ou cuja composição familiar foi alterada, como, por exemplo, o nascimento de uma criança.

Documentação

Para efetivar a inscrição é necessário apresentar uma lista de documentos: RG, CPF, carteira de trabalho, comprovante de endereço, comprovante de renda e certidão de nascimento dos dependentes menores, quando for o caso. Sebastião Camilo lembra que o cadastro é o primeiro passo para a seleção do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’.

“Depois de inscritos, os moradores passarão pela fase de seleção cuja última análise é feita pela Caixa Econômica Federal”, informa.

O programa dá prioridade para moradores de áreas de risco ou insalubres, desabrigados, famílias cujo sustento fica a cargo de mulheres, as chamadas mulheres “arrimo de família” e famílias das quais fazem parte pessoas com necessidades especiais.

Pouso Alegre já abriga três empreendimentos do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’. No Jardim Brasil I, próximo ao Aeroporto Municipal, foram construídas 257 casas. No bairro São João, outros dois empreendimentos, 96 apartamentos no conjunto Vanil Moisés de Paiva e 249 casas no Jardim Brasil II. Juntos, somam 598 moradias com investimento total de R$ 28,5 milhões.

“É o mais importante programa de habitação da história do Brasil. Em Pouso Alegre já garantiu teto a centenas de famílias e vai garantir a muitas mais”, comemora o prefeito .

Ascom Prefeitura de Pouso Alegre

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.