PousoAlegrenet

Menu

Show do trabalhador terá Maria Cecília e Rodolfo

Em comemoração ao Dia do Trabalhador, os criadores do hit “Você de volta” se apresentam no palco que será montado no pátio do Terminal Rodoviário a partir das 22h de quarta-feira (30)

Maria Cecília e Rodolfo irão se apresentar em Pouso Alegre

Maria Cecília e Rodolfo irão se apresentar em Pouso Alegre

Prefeitura de Pouso Alegre – A Prefeitura de Pouso Alegre vai abrir as comemorações do Mês dos Trabalhadores com um show gratuito no pátio do Terminal Rodoviário na noite de quarta-feira (30). A dupla sertaneja Maria Cecília e Rodolfo vai comandar a música no palco armado para receber os trabalhadores de Pouso Alegre e seus familiares a partir das 22h.

Maria Cecília e Rodolfo são os criadores de hits como “Você de volta”, som que revelou-lhes como uma das grandes sensações dos últimos anos na cena sertaneja universitária. Suas apresentações costumam atrair milhares de pessoas. Não deve ser diferente em Pouso Alegre, onde os shows gratuitos promovidos pela Prefeitura chegam a reunir entre 15 e 20 mil pessoas.

“Todos os anos, organizamos uma programação especial para marcar esta data, esse ano não poderia ser diferente”, diz o prefeito .

Ao longo do mês de maio, ações das diversas secretarias da Prefeitura voltarão a lembrar a data. No dia 10 de maio, a Secretaria de Gestão de Pessoas organiza a “I Manhã Interativa em Comemoração ao Mês do Trabalho”. A proposta é oferecer uma série de atividades físicas aos servidores e promover sorteio de brindes.

O prefeito ressalta a importância da classe trabalhadora para o país. “Devemos comemorar com entusiasmo essa data e dizer aos trabalhadores que eles constroem esse país e com eles está o poder do qual precisamos para transformar O Brasil”, avalia.

O Dia do Trabalhador

O Dia do Trabalhador ou Dia Internacional do Trabalho é celebrado em 1º de maio. A data relembra a luta de trabalhadores de Chicago, nos EUA, no final do século XIX. Em manifestações contundentes, esses operários cobravam a redução da carga horária de trabalho para 8 horas diárias. Os confrontos com a polícia se seguiram por dias, resultando em dezenas de mortos.
Foi a luta sindical em Chicago que inspirou a Segunda Internacional Socialista em Paris, em junho de 1889. O movimento francês eternizou o 1º de Maio como data das manifestações pelos direitos dos trabalhadores. Também em Paris, trabalhadores acabaram mortos em confronto com a polícia. Mas foi a luta deles que abriu caminho para que, já em 1919, o senado francês ratificasse as 8 horas de carga diária de trabalho. Exemplo seguido pela maioria dos países na sequência.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.