PousoAlegrenet

Menu

Atividades da Semana Nacional dos Museus movimentam Câmara

De 12 a 16 de maio, atrações especiais surpreenderam os visitantes do Museu Histórico Municipal Tuany Toledo.

IMG_3010 (Medium)

De 12 a 16 de maio, atrações especiais surpreenderam os visitantes do Museu Histórico Municipal Tuany Toledo. Nos quatro dias de atividades especiais, mais de 1200 pessoas puderam conhecer melhor a história de Pouso Alegre através das peças e objetos expostos no Museu. Entidades museológicas de todo Brasil desenvolveram atividades com base no tema proposto pelo Ibram (Instituto Brasileiro de Museus) “Museus: coleções criam conexões”.

Na segunda-feira, 12, a exposição de carros antigos e a inauguração do Núcleo dos Escoteiros marcaram a abertura da Semana Nacional dos Museus. Durante a solenidade de abertura, o presidente da Câmara, , ressaltou a importância de se preservar a história para compreender melhor o presente e construir o futuro. “Damos início à 12ª Semana Nacional de Museus com grande alegria porque um país sem história é um país morto. E a história só vive em função daqueles que trabalham por sua preservação. Por tanto, o Museu torna-se uma das partes mais importantes nessa preservação da memória e da história”, explica o presidente. Também prestigiaram a solenidade os vereadores (PR), (PTB), Mauricio Tutty (PROS) e Lopes (PV).

14148653856_89a735679a_b

Neste ano, o Museu Histórico Municipal Tuany Toledo completa 30 anos de sua fundação. O agente cultural do Museu, aproveitou a solenidade data para fazer uma justa homenagem ao idealizador do Museu, Alexandre Araujo. “Senhor Alexandre Araujo foi a pessoa que teve a ideia de criar o Museu e realizou o projeto. Ele mesmo contava que, desde criança, sempre se interessou por fatos e objetos históricos. Desde que ele começou a trabalhar na Câmara em 1964, ele teve mais contato com os documentos históricos e iniciou então esse grande projeto de criação do Museu Histórico, que agora completa 30 anos. Nosso grande homenageado é Alexandre Araujo”, explica Mayke.

Na terça-feira, 13, mais de 150 alunos do Ensino Médio do Colégio Objetivo e Escola Estadual Dr. José Marques de Oliveira acompanharam a palestra com o sociólogo Isaias Pascoal. O professor abordou o tema “A emancipação de Pouso Alegre e o papel do Padre Senador José Bento na política local e regional”. O estudante Luiz Guilherme Alvarenga Santos aproveitou a palestra para esclarecer dúvidas sobre o período histórico abordado. Segundo o estudante do 2º Ano do Ensino Médio, com a palestra foi possível aprimorar o aprendizado em sala de aula. “Achei muito legal saber mais sobre nossos antepassados, isso ajuda muito em nosso aprendizado do dia a dia”, comta o estudante.

Na quarta-feira, 14, foram os alunos da graduação que participaram da atividade. Os estudantes acompanharam a palestra do professor doutor José Roberto Gonçalves. O historiador falou sobre “A transformação dos jornais como fonte histórica para estabelecer conexões com a sociedade”. “Os jornais são uma fonte histórica muito preciosa porque eles trazem o cotidiano da cidade e com isso se consegue ter um olhar amplo sob os grupos de pressão, o que é negociado nessa sociedade, quais valores são tratados nessa sociedade e os jornais trazem isso diariamente”, justifica o Doutor em História Social, José Roberto.

“Caça aos tesouros” históricos encanta crianças

Durante toda a semana, alunos da rede pública e particular de ensino conheceram o Museu de um jeito bem diferente. Eles puderam entender melhor a história de Pouso Alegre com a visitação lúdica comandada pelo Prof. Aquarela e o Aluno Homogêneo. O projeto da Companhia Em Palco em parceria com Museu torna a visita ainda mais interessante aos pequenos. A professora Adriane Cristina de Souza da Escola Municipal Santo Antônio, no bairro Cruz Alta percebeu o entusiasmo dos pequenos ao participar da atividade de Caça aos Tesouros dentro do Museu. “Eles estão adorando, é super divertido e parece que chama muito a atenção das crianças. Para os alunos é extremamente interessante conhecer a história do município, da cidade deles e saber mesmo como era a vida antigamente, o que mudou, o que evoluiu. Para eles é uma experiência muito válida”, conta Adriane.

Maria Alice Ponce tem apenas 9 anos e conta que ficou encantada com a visita ao Museu. “Achei muito interessante saber coisas novas, conhecer os objetos antigos. Eu nunca tinha visto tudo isso. Eu me impressionei muito”, conta aluna da E.M. Jandyra Tosta de Souza durante a visita lúdica ao Museu.

Participaram da atividade lúdica as escolas: E.M. Anita Faria Amaral, E. M. Antônio Mariosa, E. M. Santo Antonio do bairro rural Cruz Alta, E.M Jandira Tosta, E.M. Clarisse Toledo, CIEM do bairro São Geraldo, E. M. Professora Clarisse Toledo, E.M. Dom Otávio, E. M. Anathalia Lourdes Camanducaia, E. E. Ana Augusta Garcia de Faria, E. E. Professor Joaquim Queiroz, Colégio Objetivo, os Centros de Educação Infantil Gênios do Amanhã e Alegria e Cia. e a Escola Municipal Benedita Braga Cobra da cidade de Borda da Mata. Nesta sexta-feira, 16, o Museu continua com atividades especiais até às 14h.

A Semana Nacional de Museus

A Semana Nacional de Museus acontece anualmente para comemorar o Dia Internacional de Museus (18 de maio). Nessa semana, os museus brasileiros, convidados pelo Ibram, desenvolvem uma programação especial em prol dessa data.

Neste ano, o tema norteador dos eventos foi proposto pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM). Em sua 12ª edição, a Semana Nacional dos Museus aconteceu entre os dias 12 e 18 de maio, quando instituições museológicas de todo o país promovem atividades em torno do tema Museus: as coleções criam conexões.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.