PousoAlegrenet

Menu

Dique 2 celebra um mês de abertura com segunda operação tapa-buracos

A prefeitura se eximiu de responsabilidade e informou que obra ainda não foi entregue

Novo recapeamento começou na tarde de ontem (29). Foto: Daniela Ayres

Novo recapeamento começou na tarde de ontem (29). Foto: Daniela Ayres

Pela segunda vez nos últimos 30 dias, a avenida , que liga o centro de Pouso Alegre à região do bairro Santa Rita, passa por reparos. Inaugurada na passagem do dia 30 de abril para 1º de maio, parte da avenida está em meia pista desde quinta-feira (29) para que o asfalto cheio de buracos seja corrigido. Duas semanas depois de sua abertura, problemas do mesmo tipo apareceram em outro ponto. “Eu acho que é coisa mal feita. Acabou de inaugurar e já está assim”, comenta o aposentado Vicente Dias, que adotou a rota para chegar em casa.

O alfaiate Amando Alves também lamenta que a tão esperada já precise de recapeamento. “Ou é mal feito ou é a terra. Eu fico decepcionado com uma coisa dessas. Se tivessem caprichado, não estaria assim”, argumenta.

Parte da avenida está em meia pista no sentido centro-bairro. Foto: Daniela Ayres

Parte da avenida está em meia pista no sentido centro-bairro. Foto: Daniela Ayres

Para o construtor Sebastião Donizete Pereira, faltou qualidade na execução do serviço. “É uma obra recente. Faz o quê? Um mês que está aí? Faltou qualidade técnica, na minha opinião”, avalia.

Para a prefeitura, o problema é da . A assessoria de imprensa informou que a companhia não entregou a obras e, portanto, ainda é responsável por sua manutenção. O papel da prefeitura tem sido apenas notificá-la.

A avenida é resultado de uma parceria entre prefeitura, governo federal e a estatal , que assumiu a pavimentação e parte dos trabalhos de urbanização por meio de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) firmado junto ao Ministério Público Estadual.

Apesar de afirmar que a não entregou a obras, a informação passada pela assessoria de imprensa da prefeitura contraria o posicionamento do próprio prefeito . Entre dezembro de 2013 e março deste ano, a tentou inaugurar a obra sob a justificativa de que teria encerrado o serviço. Contudo, a prefeitura disse, nas duas ocasiões, que apenas abriria a via para o tráfego quando confirmasse a conclusão dos trabalhos.

Em entrevista à Rádio Difusora, na semana da inauguração da avenida, Perugini informou que faltavam apenas benfeitorias da alçada do município, como o prometido paisagismo em seu entorno. Nada foi citado sobre asfaltamento inadequado na região.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.