PousoAlegrenet

Menu

Novo IPTU terá apenas correção inflacionária

O reajuste deve ficar em torno de 5,81%. Com a aprovação da lei do IPTU, a prefeitura agora também pode devolver os pagamentos feitos com base no cálculo anterior.

Dezenas de pessoas compareceram à sessão da Câmara de Pouso Alegre, nesta terça-feira (03), para acompanhar a revogação do polêmico IPTU, que, com a última revisão da planta de valores venais, ficou mais caro neste ano. Na semana passada, o prefeito decidiu invalidar o modelo adotado. No entanto, faltava oficializar o bloqueio dos atuais boletos.

Votado em regime de urgência, o projeto passou em único turno, autorizando o executivo a emitir novos boletos com base nos valores cobrados em 2013, com acréscimo da reposição inflacionária. O reajuste, portanto, deve ficar em torno de 5,81%.

O vereador Adriano Pereira (PTN) argumentou que a prefeitura não poderia adotar a correção inflacionária, mas foi voto vencido. Com a aprovação da lei do IPTU, a prefeitura agora também pode devolver os pagamentos feitos com base no cálculo anterior.

Apesar da suspensão do primeiro IPTU 2014, a prefeitura ainda pretende avaliar a planta de valores venais reajustada no ano passado. Até novembro, a secretaria de Finanças deve apresentar um relatório.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.