PousoAlegrenet

Menu

Movimento Social decide deixar a Câmara

Decisão foi tomada nesta tarde após o agendamento de uma reunião com o Prefeito.

Manifestantes decidiram deixar a Câmara.

Manifestantes decidiram deixar a Câmara.

Os manifestantes que ocuparam o prédio da Câmara Municipal desde o final da sessão ordinária de terça-feira (12), resolveram nesta tarde deixar a Câmara. A decisão foi tomada após o grupo aceitar participar de uma nova reunião com o Executivo, agendada para a sexta-feira.

Desde que foi criado, o Movimento Social Cidade Jardim tem ganhado força e participação expressiva na Câmara.

Segundo líderes do movimento social, o prefeito havia feito um acordo com o movimento de desapropriação das terras. No entanto, ainda segundo o líder do movimento, o executivo pediu para que o acordo não fosse divulgado pela imprensa até que este fosse decretado.  O pedido não foi acatado. Assim que saíram da reunião na prefeitura, os manifestantes informaram a imprensa sobre as promessas do prefeito.

Agora, os manifestantes cobram do prefeito o cumprimento deste acordo. Segundo eles, o acordo deveria ter sido efetivado por meio de decreto na terça-feira (6), o que não aconteceu. Os lideres procuraram a prefeitura, mas os motivos informados para o atraso não teriam sido aceitos por eles.

Com a intenção de pressionar os vereadores a intercederem pelo Movimento Social Cidade Jardim junto ao Executivo, integrantes do grupo resolveram pernoitar no prédio do Legislativo desde a noite passada, quando centenas deles reivindicaram a assinatura do decreto de desapropriação do terreno que ocupam há quase três meses.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.