PousoAlegrenet

Menu

Princesa do Sul corta passe livre para acompanhantes de deficientes

Sem lei municipal que regule o beneficio, acompanhantes precisam pagar para levar deficientes que não poderiam andar sozinhos.

A concessionária de transporte coletivo de Pouso Alegre, , cortou o passe livre de acompanhantes para deficientes que precisam usar o transporte público. Segundo a empresa, não existe lei municipal que obrigue a empresa a dar o passe livre aos acompanhantes.

A suspensão do beneficio pegou os moradores de surpresa. A empresa disse que precisou cortar despesas, e que por isso resolveu tirar o benefício. Já a gratuidade para os portadores de necessidades especiais esta mantida, já que existe lei que obriga o beneficio.

A gratuidade para acompanhantes é uma necessidade para que o beneficio do passe livre aos portadores de necessidades especiais seja realmente pleno. Diversos portadores de necessidades especiais não podem se deslocar sem um acompanhante. Ou seja, o passe gratuito ao portador não sairia realmente de graça, já que alguém teria que pagar para acompanha-lo.

Entre as maiores cidades do Sul de Minas, apenas Varginha (MG) possui um decreto que determina o transporte gratuito para acompanhantes de deficientes.

A prefeitura de Pouso Alegre disse estar ciente da situação, e que vai tentar resolver o problema. O secretário de Trânsito, Luiz Carlos Delfino, disse que pretende pedir à empresa que mantenha o passe livre para os acompanhantes por mais dois meses até que o município possa assumir esse custo.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.