PousoAlegrenet

Menu

Ônibus é flagrado circulando com a porta aberta em Pouso Alegre

Durante a gravação, motorista parou o ônibus e ameaçou acusar repórter de assalto. Motorista deverá sofrer medidas disciplinares.

Motorista circulando com porta de ônibus aberta. Foto: Minas Acontece

Motorista circulando com porta de ônibus aberta. Foto: Minas Acontece

Um ônibus da princesa do Sul, concessionária de transporte público de Pouso Alegre, foi flagrado por um repórter circulando com a porta aberta no centro da cidade na tarde deste domingo (7).  Por volta das 13h, o repórter do site Minas Acontece, Pedro Alencar Azevedo, estava no centro da cidade quando viu o ônibus circulando com porta dianteira aberta. O ônibus fazia a linha Cidade Jardim via Comendador.

Para fazer um vídeo do flagrante, o repórter teria se adiantado ao trajeto que o ônibus faria e aguardado sua passagem na Av. Comendador José Garcia.

Enquanto o repórter gravava o vídeo, o motorista do ônibus resolveu parar o veículo em frente ao repórter, fora do ponto de parada. Neste momento o repórter questiona o motivo do motorista estar transitando com a porta aberta, mas foi questionado sobre sua identidade. Após afirmar ser repórter, o motorista sai do veículo e diz que irá chamar a Polícia, o acusando-o de tentativa de assalto. Ele ainda tenta fazer com que o repórter entrasse no ônibus.

“Devido a experiência da profissão, percebi que o motorista não estava acionando a polícia, mas entrando em contato com superiores da empresa (…) Com medo de ser agredido e perder as imagens, deixei o local e fui para delegacia que fica a uma quadra do ocorrido. Ao mostrar as imagens para alguns policiais, eles me disseram que eu não havia cometido nenhum delito! Eu também sei que se eu quisesse não precisava ter me identificado, pois qualquer cidadão pode registrar imagens em via pública de um transporte público!” disse o repórter.

Procurado pela nossa redação, a informou que o ônibus utilizado é novo e que este não esta com nenhum problema na porta dianteira. A concessionária disse que não conseguiu localizar o motorista, mas que ele sofrerá medidas disciplinares por dirigir com a porta aberta. Por não ter encontrado o motorista, a empresa não pode informar o motivo que o levou a parar o ônibus para discutir com o repórter.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.