PousoAlegrenet

Menu

Construtora investigada na operação lava-jato faz obra em Pouso Alegre

Obras da perimetral são feitas pela UTC Constran, considerada pela operação lava-jato um dos braços financeiros do esquema de corrupção da Petrobrás

Empresa divulga em seu site a execução da obra.

Empresa divulga em seu site a execução da obra.

A UTC Constran, empresa que venceu a licitação para realizar a duplicação de um trecho MG-290, na saída de Pouso Alegre para Borda da Mata, está sendo investigada e é considerada um dos braços financeiros do esquema de corrupção da Petrobrás.

A obra é feita através de um convênio da Prefeitura de Pouso Alegre com o DER-MG (Departamento de Estrada e Rodagem de Minas Gerais), e tem seu valor estimado em 17,8 milhões de reais. A obra que foi licitada junto ao Governo do Estado, iniciou-se em 2013, e deveria ter sido concluída em junho deste ano.

O presidente da UTC/Constran, Ricardo Pessoa, foi preso na manhã desta sexta-feira (14) durante a sétima fase da Operação Lava Jato. Ricardo também seria sócio do doleiro Alberto Youssef em hotéis.

A empresa é uma das investigadas por pagar propina para obtenção de obras da Petrobras. A propina seria direcionada para os partidos PT, PMDB e PP. Segundo as autoridades policiais, o esquema movimentou cerca de R$ 10 bilhões.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.