PousoAlegrenet

Menu

Retrospectiva 2014 em Pouso Alegre

Confira um resumo dos acontecimentos em Pouso alegre que tiveram maior destaque em 2014

2014 chega ao fim, e o Pouso Alegre .NET traz para você um resumo dos acontecimentos que tiveram maior destaque entre os internautas da cidade neste ano. Ao todo foram 704 matérias sobre Pouso Alegre, que foram lidas quase 4 milhões de vezes por mais de 600 mil pessoas diferentes. Vamos relembrar?

Limpeza Urbana

Garis protestam pelo pagamento de salários.

Garis protestam pelo pagamento de salários.

A primeira matéria do ano foi sobre problemas no setor de limpeza urbana. O lixo se acumulava pelas ruas. Durante o ano, o setor ainda passou por outros problemas, como a greve dos garis, e o uso improvisado de um terreno no bairro Faisqueira para o despejo do lixo.

Seca do Rio Mandu e Alagamento

Este ano o Rio Mandu chegou a ficar quase seco. Em contradição, após a volta das chuvas ruas do centro da cidade voltaram a ficar alagadas, assim como no inicio do ano.

Falecimentos

Fernando Bonillo, de 58 anos, era uma das principais referências em meio ambiente no Sul de MG (Foto: Reprodução EPTV)

Fernando Bonillo, de 58 anos, era uma das principais referências em meio ambiente no Sul de MG (Foto: Reprodução EPTV)

Ainda no mês de janeiro, faleceu o fundador do Museu Histórico de Pouso Alegre, o Sr. Alexandre de Araujo. Durante o ano, a cidade também sentiu a morte de outros ilustres amigos, como do incentivador do esporte Bandolim, do biólogo Fernando Bonillo, e do incentivador da cultura e comércio, John Kleber Pena.

Criminalidade

Ainda que Pouso Alegre seja uma das cidades mais seguras entre as maiores do Sul de Minas, o ano na cidade também ficará marcado pela criminalidade. Ao todo foram 10 homicídios, a maioria relacionada a drogas. Um homem também foi preso acusado de estuprar pelo menos 11 mulheres. Porém, o que chocou a cidade foram dois latrocínios, na mesma semana, que ficou conhecida como a semana do terror.

Semana do terror

“Vaninho” se exibe com foto e dinheiro.

“Vaninho” se exibe com foto e dinheiro.

Foi em uma tarde de sexta-feira, 14 de março, que Pouso Alegre começou a viver um dos momentos mais tristes de sua história. Um assalto a mão armada em uma lotérica no centro da cidade, atrás da Catedral Metropolitana, virou tiroteio. Um policial que estava à paisana tentou impedir o assalto. Em meio a troca de tiros, o subtenente Gabriel foi baleado no abdômen e morreu horas depois no hospital.

O crime já havia chocado a cidade, mas uma série de assaltos na mesma semana deixaram a população com medo. Quatro dias depois, um homem foi morto durante um assalto a um posto de combustíveis. O clima de terror estava instaurado.

Como se não pudesse piorar, uma série de boatos de assaltos ganhavam força rapidamente pelas redes sociais, e transformaram terror em pânico. Neste momento, o Pouso Alegre .NET tomou postura ativa monitorando e checando fatos com urgência afim de desmentir rapidamente boatos nas redes sociais e evitar o pânico da população.

Diversão e história

“Jack Sparrow” trollando a Globo virou notícia internacional

“Jack Sparrow” trollando a Globo virou notícia internacional

Mas se engana quem pensa que tragédia é o que dá mais ibope na internet. As matérias mais lidas e compartilhadas do ano nada tiveram de tragédia. Uma matéria do Pouso Alegre .NET que mostra um homem vestido de pirata ‘trollando’ uma reportagem ao vivo da emissora EPTV ganhou repercussão internacional. A matéria teve mais de 7.000 compartilhamentos.

Outra matéria que bombou na internet foi o especial sobre a danceteria Maracanâ, que foi compartilhada mais de 3.000 vezes e foi comentada em toda a cidade.

Negócios

2014 também foi ano de notícias de prosperidade econômica da cidade. A autorização para a construção do Aeroporto de Cargas foi muito comemorado e bem comentada. A esperada inauguração da também foi matéria. E empresários de Pouso Alegre foram eleitos empresários do ano no país.

<a class='post_tag' href='http://pousoalegre.net/topicos/dique-2/' >Dique 2</a> foi um dos principais assuntos do ano.

foi um dos principais assuntos do ano.

Em meio a briga política entre e Prefeitura, a Avenida sobre o foi um capítulo à parte. A tentou forçar uma inauguração no início do ano e afirmou que a avenida estava pronta para o tráfego de veículos. O ministério público impediu. Pressionada pela população, a prefeitura acabou inaugurando a obra no dia 1 de maio, sem a presença da presidenta Dilma, que não veio a cidade. A abertura da avenida melhorou o trânsito na região.

Dias depois da inauguração, a já começava a apresentar problemas e passar por recapeamento. Foram várias reformas, e a foi notificada. Após vários acidentes e o aumento dos buracos devido à chuva, a prefeitura acabou interditando a avenida.

Saúde

A área da Saúde esteve envolvida em diversas polêmicas durante o ano. Envolvida fortemente na polícia, a Fundação do Vale do Sapucaí (), que é mantenedora da e do Hospital das Clínicas Samuel Libânio, passou ser alvo de uma CPI na Câmara Municipal. A ainda se viu questionada por alunos da que foram as ruas protestar contra decisões tomadas pela instituição, que segundo eles teriam caráter restritamente político.  Em março, foi largamente divulgado nas redes sociais um vídeo denunciando goteiras dentro do Hospital. Outro assunto que gerou grande discussão foi a agressão sofrida por uma enfermeira dentro do Hospital. Já no final do ano, uma tentativa frustrada tentou alterar o estatuto de nomeação do conselho diretor da , tirando o poder das mãos do próximo governador, (PT).

Secretário de Saúde de Pouso Alegre prestou esclarecimentos à Câmara

Secretário de Saúde de Pouso Alegre prestou esclarecimentos à Câmara

Mas a maior das polêmicas relacionadas à área de Saúde ficaram mesmo por conta da prefeitura. Uma matéria da EPTV denunciando os ‘supersalários’ recebidos por três médicos foi o escândalo do ano na cidade. Alvo de CPI e investigação do Ministério Público, 7 meses depois as investigações dos ‘supersalários’ ainda não foram terminadas.

Cobrada pelo atraso de obras em Unidades Básicas de Saúde, a prefeitura inaugurou, alguns dias antes das eleições, UBS na cidade. O evento contou com a presença do Ministro da Saúde.

IPTU e Invasão

O custo para morar em Pouso Alegre foi tema largamente discutido no ano. O aumento do IPTU gerou protestos e acabou sendo cancelado. O alto valor do aluguel praticado na cidade foi o motivo apontado por cerca de 50 famílias que invadiram terrenos no cidade Jardim. Os manifestantes foram diversas vezes a Câmara Municipal pressionar vereadores. A Câmara chegou a ter sessões encerradas e o acesso restrito.

Política

Vereadora do PV ficou de costas após ser hostilizada no plenário em Pouso Alegre (Foto: Reprodução EPTV / Edson de Oliveira)

Vereadora do PV ficou de costas após ser hostilizada no plenário em Pouso Alegre (Foto: Reprodução EPTV / Edson de Oliveira)

Em 2014 a Câmara Municipal foi o palco de muitas polêmicas. Manifestações, sessões encerradas as pressas, agressão física entre populares, decoro parlamentar. Um dos episódios mais marcantes foi o discurso da vereadora Dulcineia, que sendo muito criticada, acabou citando o criminoso Fernando da Gata e o momento triste da vida particular da vereadora e de outros pessoas envolvidas com a oposição. O discurso foi duramente criticado. Neste mesmo ano, a vereadora já havia sido acusada de decoro parlamentar por virar as costas ao público presente no plenário.

Eleições

Mais uma vez Pouso Alegre não conseguiu eleger um candidato ‘da terra’ para Deputado Estadual ou Federal. (PV) e (PHS) foram os que obtiveram maior votação na cidade. Para a presidência, uma surpresa. Mesmo o PT tendo o apoio do Prefeito, que é do mesmo partido, e da maioria dos vereadores eleitos, Dilma Roussef perdeu em Pouso Alegre para . A petista teve 38% dos votos, contra 61% do tucano.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.