PousoAlegrenet

Menu

Projeto piloto leva futebol americano para as escolas de Pouso Alegre

A equipe de futebol americano ‘Pouso alegre Gladiadores’ vai ensinar a modalidade para alunos do 6º e 9º anos da Escola Municipal Dr. Vasconcelos Costa. A iniciativa tem o apoio do vereador Rafael Huhn

Gladiadores e membros da escola Municipal Dr. Vasconcelos Costa

Gladiadores e membros da escola Municipal Dr. Vasconcelos Costa

A Escola Municipal Dr. Vasconcelos Costa vai ser a porta de entrada de um dos esportes que mais crescem no mundo para o ensino da rede municipal de educação. A equipe de futebol americano ‘Pouso alegre Gladiadores’ vai ensinar a modalidade para alunos do 6º e 9º anos.
O projeto piloto “Gladiadores do Futuro” foi anunciado para os professores da escola na noite desta quarta-feira (25). A proposta é incluir a modalidade na grade de ensino das aulas de Educação Física, o que tornará a escola pioneira na prática na rede pública do país. A iniciativa tem o apoio do vereador (PT), um dos entusiastas da difusão da modalidade para o ensino.

Considerado um esporte inclusivo, que pode ser praticado por pessoas de todos os biótipos, o futebol americano se baseia em um misto de estratégia e trabalho em grupo , com enorme potencial pedagógico para a educação de jovens.

Os diretores da equipe de futebol americano, Mateus Hope e Jonathas Silva Coelho, contam que o projeto chega para coroar o aniversário de cinco anos dos Gladiadores. “É um passo muito importante para a equipe. Quando pensamos em formar o time, nem em nossos sonhos imaginávamos que estaríamos aqui, diante de professores, para anunciar um projeto tão inspirador”, disse aos professores Mateus Hope.

Jonathas lembra que o apoio do município, da direção da escola e do vereador é fundamental para viabilizar a proposta. “A idéia surgiu de uma conversa com o vereador e foi muito bem aceita pela diretoria da escola. A soma desses esforços está nos dando a oportunidade de desenvolver um projeto que vai divulgar o esporte, apresentar algo diferente para os alunos e para a comunidade e, certamente, vai agregar conhecimento á vida escolar desses jovens”, pontua.

 Os "gladiadores" Jonathas Silva e Gustavo Castro, o vereador <a class='post_tag' href='http://pousoalegre.net/topicos/rafael-huhn/' >Rafael Huhn</a>, a diretora Simone Borges e o "gladiador" Mateus Hope


Os “gladiadores” Jonathas Silva e Gustavo Castro, o vereador , a diretora Simone Borges e o “gladiador” Mateus Hope

Pouco difundida no Brasil, a modalidade tem milhões de fãs nos EUA, país em que movimenta um dos mercados publicitários mais valorizados do mundo. A introdução do esporte na escola também deverá funcionar como um ponto de contato dos alunos com uma cultura até então distante de seus cotidianos. “O projeto gerou enorme expectativa em nosso corpo docente. É um mundo novo que vamos apresentar aos nossos alunos. Estamos estudando a aplicação de diversas abordagens pedagógicas a partir desse projeto”, revela a diretora da escola, Simone Borges.

O professor de educação física, Vitor Gomes, chama atenção para a dimensão inclusiva do esporte. “É uma modalidade que inclui todos os tipos físicos e não cria nenhum estereótipo. Podem praticar o alto, o baixo, o gordinho e o magrinho”, avalia.

Aluno do 9º ano, Gustavo Castro Souza já conhecia o esporte pela TV, mas foi durante a apresentação do projeto na escola que ele teve seu primeiro contato com a bola oval e os equipamentos. Mas apesar do pouco contato com o esporte, já projeta os benefícios que ele pode trazer para ele e os colegas. “Vai ajudar muito no ensino, na desenvoltura. É um esporte bem estratégico. Ao contrário do que se pensa, ele exige muito mais raciocínio do que força física”, considera.

Apoiador do projeto, o vereador aposta no potencial pedagógico do futebol americano. “A construção do processo pedagógico também passa pelas questões ligadas ao esporte, que é uma prática lúdica. Ele promove a interação em equipe não apenas na busca da vitória, mas, sobretudo, na construção de uma forma coletiva de vivência”, analisa.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.