PousoAlegrenet

Menu

Samu muda de endereço após ameaças de traficantes em Pouso Alegre

Traficantes teriam dito que sirene de ambulância dava falso alarme. Funcionários reclamam da falta de segurança no local.

Viaturas do Samu passou dois dias na base do Corpo de Bombeiros

Viaturas do Samu passou dois dias na base do Corpo de Bombeiros

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Pouso Alegre (MG) teve que mudar de endereço nos últimos dias. O motivo seria ameaça de traficantes aos funcionários da base.

Por meio da rede social, o Samu comunicou no domingo (8) que por questões de segurança sairia da policlínica do Bairro São Geraldo e iria para o batalhão do Corpo de Bombeiros, no Bairro São Cristóvão.

O motivo, segundo um funcionário que não quis se identificar, seria ameaça de traficantes: “Mandaram um recado pedindo pra que a gente não usasse a sirene dentro do bairro pelo fato de ‘tá’ dando alarme falso neles lá, pelo fato de ser parecido com a da polícia”, disse o funcionário em reportagem da EPTV.

O funcionário ainda relatou que na policlínica quase não há segurança: “As grades são abertas, o portão não tranca. Guarda municipal não fica. A polícia aparece e vai embora. Fica muito pouco. Praticamente segurança lá nós não temos”, relatou.

O consórcio que administra o Samu não confirma o recebimento da ameaça, mas informou a transferência da base de lugar aconteceu a pedido dos próprios funcionários, que reclamaram da falta de segurança no local.

Nesta terça-feira (10), a base retornou para a policlínica do Bairro São Geraldo porque, conforme o consórcio, a polícia teria se comprometido a reforçar a segurança no local.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.