PousoAlegrenet

Menu

Vigilância Sanitária interdita albergue municipal de Pouso Alegre

Local só será reaberto quando os problemas sanitários forem sanados.

A vigilância Sanitário interditou na tarde desta quarta-feira (4) o albergue municipal de Pouso Alegre. Segundo a vigilância sanitária, desde meados de fevereiro foram recebidas 38 denúncias sobre más condições sanitárias no local. A equipe do órgão foi até o local, e ao constatar as condições precárias de higiene, interditou imediatamente o local.

Fotos feitas dentro do local mostram que a geladeira está enferrujada; a pia da cozinha está podre e sem condições de uso; os poucos alimentos do local estão armazenados em local impróprio; o lacre do extintor de incêndio está apagado; e as roupas ficam guardadas junto a uma parede mofada.

Em entrevista a EPTV, um frequentador do Albergue ainda denunciou que no local não há toalha, sabão, e cobertas para dormir.

De acordo com a vigilância, o albergue só será reaberto quando os problemas sanitários forem sanados. Por meio de nota oficial a prefeitura informou que vai verificar as questões apontadas e solicitar um prazo para o cumprimento das exigências.

Confira a íntegra da nota oficial da Prefeitura de Pouso Alegre:

A Secretaria de Desenvolvimento Social vai verificar as questões apontadas pela Vigilância Sanitária e solicitar o prazo necessário para que sejam cumpridas as exigências.

A Secretaria informa também que já existe projeto em vias de licitação para realizar melhorias no Albergue Municipal. Será ampliado o dormitório masculino, refazer o sistema de ventilação, a troca de todos os equipamentos e eletrodomésticos da cozinha e construção de uma nova lavanderia.

O Albergue passará a ter 60 vagas, enquanto hoje são 29 pessoas que podem ser atendidas por dia.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.