PousoAlegrenet

Menu

Arrecadação de ICMS em Pouso Alegre cresce no 1º bimestre de 2015 e se torna a maior da região

Os cofres públicos do município arrecadaram 5,5% a mais nos dois primeiros meses de 2015 do que no mesmo período em 2014. Arrecadação na cidade superou Poços de Caldas e Varginha.

comercio02

A receita gerada pelo recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) no primeiro bimestre deste ano foi maior em Pouso Alegre em relação ao mesmo período de 2014 em termos gerais.

Conforme dados da Secretaria de Estado da Fazenda (SEF), os cofres públicos do município arrecadaram nos dois primeiros meses de 2015 com o pagamento de ICMS, R$ 122,8 milhões. Alta de 5,5% referente ao mesmo período em 2014, quando foi arrecadado R$ 116,4 milhões. Esta foi a maior arrecadação de ICMS na região, superando Poços de Caldas, a maior cidade do sul de Minas, e também Varginha.

De acordo com levantamento da Prefeitura, na cidade são aproximadamente 700 indústrias, 1.500 unidades agropecuárias e mais de 4.500 estabelecimentos comerciais e de serviços, que garantem a maior arrecadação do ICMS do Sul de Minas.

ICMS em Minas Gerais

Entre as principais cidades-polo do Estado, também registraram crescimento Contagem, onde os cofres públicos arrecadaram R$ 431,5 milhões nos dois primeiros meses de 2015 com o pagamento de ICMS, montante 4,4% maior do que o registrado no mesmo bimestre de 2014, quando a arrecadação somou R$ 413,2 milhões.

Em Uberlândia a arrecadação alcançou R$ 568,8 milhões no primeiro bimestre, após bater na casa dos R$ 538,8 milhões nos mesmos meses do exercício passado, o que corresponde a uma alta de 5,6%. Nos últimos anos, a cidade se consolidou como a terceira maior arrecadação de ICMS em Minas, passando Contagem, que ocupava a posição.

Em Montes Claros o recolhimento nos dois primeiros meses deste ano somou R$ 91 milhões, expansão de 4,4% em relação ao montante arrecadado no mesmo bimestre um ano antes, que chegou a R$ 87,1 milhões.

Por outro lado, em Belo Horizonte o recolhimento do ICMS registrou queda no primeiro bimestre de 2015. No período, a arrecadação do imposto somou R$ 2,161 bilhões contra R$ 2,253 bilhões nos mesmos meses de 2014, uma redução de 4,1%. A Capital respondeu por 23,3% do total arrecadado com o tributo em todo o Estado nos dois primeiros meses deste ano (R$ 9,275 bilhões).

Betim (RMBH), por sua vez, recolheu R$ 913,3 milhões em ICMS no primeiro bimestre, a segunda maior arrecadação para o período entre os municípios mineiros.

No total, no acumulado do bimestre, o ICMS gerou R$ 6,089 bilhões para os cofres estaduais. No mesmo período do ano passado a arrecadação do imposto somou R$ 6,246 bilhões, o que corresponde a uma queda de 2,6% neste exercício. A arrecadação do imposto representou 65,6% do total da arrecadação do Estado até o segundo mês de 2015 (R$ 9,275 bilhões), ainda segundo os dados da Secretaria de Estado da Fazenda.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.