PousoAlegrenet

Menu

Catedral Metropolitana de Pouso Alegre tem novo Cura

Cônego Vonilton assume a Catedral sucedendo Mons. Edson Oriollo, que tomará posse como Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte

Cônego Vonilton tomou posse como Cura e pároco da Catedral

Cônego Vonilton tomou posse como Cura e pároco da Catedral

A Missa Solene de Posse Canônica do Côn. Vonilton Augusto Ferreira como Pároco e Cura da Catedral Metropolitana Senhor Bom Jesus ocorreu no domingo, dia 24 de maio, às 18h30min. Presidida por Dom José Luiz Majella Delgado, C.Ss.R, a missa contou com a presença de diversos padres da Arquidiocese, autoridades e fiéis que lotaram a Catedral.

Côn. Vonilton, que antes respondia pela Basílica Nossa Senhora do Carmo, de Borda da Mata/MG, assume a Catedral sucedendo Mons. Edson Oriollo, que tomará posse como Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte/MG, no próximo dia 11 de julho.

Em sua homilia, D. Majella agradeceu ao Mons. Edson Oriolo pelos trabalhos pastorais realizados durante os oito anos em que esteve à frente da Catedral Metropolitana de Pouso Alegre. D. Majella também agradeceu aos paroquianos de Borda da Mata, porque entenderam que Côn. Vonilton prestou relevantes trabalhos como Pastor da Basílica do Carmo, mas que a partir de agora ele tem uma nova missão como Pároco da Catedral, que é a Igreja de todos da Arquidiocese. O Arcebispo ressaltou que era Dia de Pentecostes, quando os apóstolos receberam o Espírito Santo de Deus e a missão de Evangelizar. E da mesma forma, Côn. Vonilton recebia naquela ocasião a sua Missão de levar a Palavra de Deus aos paroquianos da Catedral, aos de toda a Arquidiocese e aos visitantes que ali fossem.

Posse_Paroco_45

A Missa Solene contou com a leitura da Provisão Arquidiocesana, do Ritos de recebimento das chaves do Sacrário e das Portas da Catedral, de visita ao Confessionário e à Pia Batismal, além do juramento de fidelidade e leitura e assinatura da Ata de Posse.

Ao final da celebração aconteceu a Coroação de Nossa Senhora pelos acólitos da Catedral. A igreja estava iluminada pelas velas que os fiéis seguravam e todos puderam ouvir o Côn. Vonilton cantar “Salve Regina” para a Virgem Maria.

Antes da benção final, D. Majella pediu ao Côn. Vonilton que apagasse o Círio, encerrando assim o Tempo Pascal.

Com informações: Adaysa Fernandes (Arquidiocese de Pouso Alegre)

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.