PousoAlegrenet

Menu

Felinju 2015 registra aumento de 22% no volume de negócios

Crise econômica não chegou ao polo de Juruaia, no Sul de Minas

Felinju 2015 registrou aumento de 22% no volume de negócios. Foto: Geraldo Aureliano/Sakey

Felinju 2015 registrou aumento de 22% no volume de negócios. Foto: Geraldo Aureliano/Sakey

Em três dias de evento a 18ª Felinju – Moda e Lingerie de Juruaia, recebeu 24 mil visitantes de várias partes do País e registrou aumento de 22% nas negociações em relação ao ano passado. “Esses números mostram a força da moda íntima em Juruaia e, principalmente, prova que a crise não se instalou no polo”, diz Tânia Mara Rezende, presidente da Associação Comercial e Industrial de Juruaia (Aciju) e entidade organizadora do evento.

A presidente da Aciju ressalta que o número menor de visitantes – 24 mil contra 29 mil do ano passado -, se deve ao fato deste ano o número de dias do evento ter sido menor. “Este ano foram três dias e, até o ano passado, eram quatro. Ao levar esse detalhe em conta, verifica-se que o número de visitantes ficou dentro do esperado. Mas, o mais importante, é que os empresários esperavam aumento de 20% nas negociações e, no final, registramos 22%. Só temos a comemorar”, frisa Rezende.

Foto: Geraldo Aureliano/Sakey

Foto: Geraldo Aureliano/Sakey

A edição 2015 da Felinju, cujos objetivos são o lançamento da coleção outono/inverno das marcas e fomentar o polo, recebeu mais de 70 expositores de vários segmentos. Além de confecções de moda íntima, houve espaço para fornecedores de matéria-prima da área têxtil, cosméticos, veículos, vestuário, acessórios e outros. Palestras, como a da jornalista Natália Leite, também fizeram parte da programação. Os desfiles com as novidades de moda íntima foram disputados pelos visitantes.

“Mais uma vez a Felinju foi um grande sucesso. Agora, nossos esforços estarão voltados para a 11º edição do Festlingerie, que acontece em setembro”, finaliza Rezende.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.