PousoAlegrenet

Menu

Minas Gerais prorroga campanha de vacinação contra a gripe até 5 de junho

Meta é alcançar pelo menos 80% de cada grupo prioritário. A vacina é segura e só não deve ser tomada por pessoas com alergia grave a ovo e derivados

A vacina é uma forma de reduzir complicações, internações e a mortalidade decorrentes de infecções causadas pelo vírus da gripe

A vacina é uma forma de reduzir complicações, internações e a mortalidade decorrentes de infecções causadas pelo vírus da gripe

Quem ainda não se vacinou contra a gripe, vai poder procurar uma unidade de saúde até o dia 5 de junho. A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) decidiu estender o prazo da campanha para que os mineiros tenham mais tempo para se vacinar.

No total, 52% do público alvo previsto foi imunizado. Das crianças entre 6 meses e menos de 5 anos de idade, 568.200 foram vacinadas, isso representa 48,90% de cobertura. Entre as gestantes, 194.022 foram às unidades de saúde, cobertura de 43,67%. E 1.225.573 pessoas com 60 anos ou mais se vacinaram, o que representa 52% do total.

A meta é vacinar pelo menos 80% de cada um dos grupos prioritários para a vacinação, a fim de reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da gripe, na população alvo para a vacinação.

Sobre a vacina

A vacina é segura e só não deve ser imunizado quem tem alergia grave a ovo e derivados. Para saber mais sobre a campanha contra a gripe em Minas acesse www.saude.mg.gov.br/gripe. Saiba quem deve se vacinar, formas de prevenção e confira, ainda, a galeria de imagens para compartilhar nas suas redes sociais e fazer parte da campanha.

Datas

No dia 4 de junho, quinta-feira, feriado nacional, as unidades básicas de saúde não vão funcionar. No dia 5, sexta-feira, o funcionamento da unidade ficará a critério do gestor municipal.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.