PousoAlegrenet

Menu

Ritual “Lavagem da Santa” homenageia Nossa Senhora Mãe Divina

A homenagem, que reúne grupos artísticos, amigos da arte e espiritualistas de Pouso Alegre, será realizada neste sábado (30 de maio) com várias atividades.

“Lavagem da Santa”  - 2011

“Lavagem da Santa” – 2011

A “Lavagem da Santa” é um ritual em homenagem “e desagravo” à Nossa Senhora Mãe Divina, cuja imagem está fixada sobre o obelisco da Praça Senador José Bento, em Pouso Alegre. A homenagem, que reúne grupos artísticos, amigos da arte e espiritualistas de Pouso Alegre, será realizada neste sábado (30 de maio) com várias atividades.

Juliane Prado, uma das coordenadoras do evento, do NA(PA) – Nucleo Artenativo de Pesquisas em/da/toda/qualquer Arte – conta que esta intervenção urbana teve origem em 2011 com o objetivo despertar o olhar da população para a imagem de Nossa Senhora no obelisco. O monumento, inaugurado em 8 de dezembro de 1904, é um bem tombado pelo Conselho Municipal do Patrimônio Histórico. “É impressionante a quantidade de pessoas que dizem nunca ter percebido essa imagem na Praça, apesar de passarem por ela todos os dias”, ressalta a artista.

Neste ano, o projeto ganhou a adesão de vários simpatizantes. A intenção do Grupo é tornar a homenagem um evento anual com a participação de grupos artísticos e folclóricos da cidade e região. “Que venha a Tradição e que o olhar para o Sagrado permaneça nessa Terra do Mandu, tão assolada pelo crescimento urbano”, enfatiza Juliane.

A PROGRAMAÇÃO

O soar dos sinos da Catedral ao meio-dia assinala o início do ritual com a “faxina da imagem” feita pelas coordenadoras do evento: Juliane Prado e Fernanda Tersi, da NA(PA) e Fátima Dutra, do Projeto Ritos.

Na sequência, será feita a lavagem simbólica da Imagem ao som do grupo “As Caixeiras Amana Tykyra” com a coordenação da mestra Cristina Bueno. Em seguida, a coroação da Imagem por um grupo de crianças.

E o ritual tem continuidade com a apresentação da Dança Circular Sagrada, tendo como facilitadora Vangela Santos. E para encerrar o evento, o público será contemplado com uma bela apresentação de maracatu do Grupo de Percussão da Acajal – Associação de Cultura e Artes José Antônio Lobo.

Complementam a programação, as intervenções artísticas do Movimento Laranja e do Projeto Ritos, realizadas no decorrer da tarde.

Com informações de Assessoria / Ana Beraldo

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.