PousoAlegrenet

Menu

Economize energia no inverno com soluções simples

Engenheiro mostra como soluções simples podem minimizar os gastos e diminuir o consumo

Nos dias mais frios, característicos do inverno, o uso do chuveiro e aquecedores é sempre maior devido às baixas temperaturas, mas com hábitos simples, as contas de energia não irão pesar no bolso. A economia começa com a mudança de hábitos. Segundo o engenheiro de comercialização da Cemig, Valter Hugo Vieira Faria, adotar atitudes simples no dia-a-dia podem auxiliar na redução do consumo.

Segundo Valter Hugo, é sempre bom verificar o estado da borracha de vedação de refrigeradores e ajustar o termostato desses equipamentos considerando que a temperatura do ambiente está mais baixa. Se as portas não estiverem fechando corretamente, a geladeira ou o freezer irão gastar mais energia para resfriar os alimentos.

Reduzir o tempo embaixo do chuveiro também é recomendado, pois nos dias mais frios é comum a utilização do chuveiro na posição inverno, que permite banho mais quente, mas pode aumentar o consumo de energia. “O ideal é manter o chuveiro na posição verão. Apenas com esta mudança, a redução do consumo de energia pode chegar a 30%”, afirma Valter Hugo.

Confira algumas dicas para economizar energia:

Reduzir termostatos. Seja no chuveiro, aquecedor, condicionador de ar, geladeira ou freezer, reduza 1 grau no termostato e economize até 5% da sua conta.

Desligue quando não estiver em uso. Equipamentos elétricos e eletrônicos produzidos no Brasil antes de 2001 tendem a consumir bastante energia mesmo quando em stand-by, mas mesmo os aparelhos mais modernos tendem a consumir alguma energia durante todo o tempo em que estão na tomada – levando a até 30% de desperdício. Conectar carregadores, sintonizadores de TV a cabo, a TV e o DVD, e mesmo o seu computador em uma régua ou estabilizador que disponha de chave liga/desliga pode ser uma forma prática de interromper este circuito sem tirar fisicamente da tomada.

Iluminação

  • Evite acender lâmpadas durante o dia e aproveite ao máximo a iluminação natural.
  • Prefira as lâmpadas fluorescentes compactas, pois elas duram mais e gastam menos energia.
  • Pinte paredes e tetos com cores claras, que refletem melhor a luz, diminuindo a necessidade de iluminação artificial.

Geladeira

  • Evite abrir a geladeira frequentemente. Retire de uma só vez os alimentos de que precisa.
  • Não guarde alimentos ainda quentes.
  • Para saber se a borracha de vedação está em bom estado, faça o seguinte teste: coloque uma folha de papel entre a porta e a geladeira, feche a porta e tente retirar a folha, se ela sair com facilidade,está na hora de trocar a borracha. Repita o teste em vários pontos da porta da geladeira.
  • Não utilize a grade traseira para secar roupas ou calçados.

Tomadas e fios

  • Tomadas quentes são sinônimo de desperdício. Por isso, evite o uso de benjamins.
  • Emendas mal feitas ou com fios de bitolas diferentes causam perda de energia.

Celulares e Câmeras

  • Nunca deixe seu aparelho “dormir” carregando. Ou seja, dê a carga e retire-os da tomada. Para câmeras digitais que não usam pilhas, aplica-se a mesma regra do celular. Só carregue o tempo necessário especificado no manual.

Computadores

  • Utilize os recursos de economia de energia do monitor. Esse sistema desliga o monitor quando o computador não estiver sendo utilizado por muito tempo. Acesse este recurso clicando em: Meu Computador/ Painel de Controle/ Vídeo.
  • Quando não estiver usando, mantenha o monitor desligado e o estabilizador desconectado da tomada. Dê preferência aos notebooks que consomem menos energia.
  • Um computador ligado durante uma hora/dia consome em média 5,0 kWh/mês. No decorrer de um ano, a economia decorrente de desligar o computador durante esta hora será de 60 kWh.
  • Não deixe os acessórios do computador (impressora, estabilizador, etc.) ligados sem necessidade.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.