PousoAlegrenet

Menu

Assaltantes que mataram Policial em Pouso Alegre são condenados a mais de 20 anos de prisão cada

Homens assaltaram uma casa lotérica no centro de Pouso Alegre no ano passado. Um policial que tentou impedir a fuga dos assaltantes foi morto.

Subtenente Gabriel morreu após ser baleado.

Subtenente Gabriel morreu após ser baleado.

A justiça condenou a mais de 20 anos de prisão cada um dos quatro homens envolvidos no assalto a uma casa lotérica no centro de Pouso Alegre no ano passado,  e que resultou na morte de um Polícial Militar.

O crime

O assalto aconteceu na tarde de sexta-feira,  14 de maio. Dois homens assaltaram uma lotérica no centro de Pouso Alegre. Na fuga, a moto  dos assaltantes falhou. O subtenente da PM, Gabriel Machado Alvarenga, que estava a paisana no local, tentou impedir a fuga dos assaltantes mas foi baleado e veio a morrer. Os assaltantes ainda tiveram a ajuda de dois comparsas durante o planejamento e fuga do crime. Além dos quatro, a esposa de um dos assaltantes e um mecânico foram presos por participar do crime.

Adriano, Clayton, Handerson e Angelo: Mais de 20 anos presos cada um.

Adriano, Clayton, Handerson e Angelo: Mais de 20 anos presos cada um. Foto: Blog do Airton Chips.

A sentença

A sentença do Juiz Tulio Marcio Lemos Mota Naves saiu no dia 03 de junho:

  • Clayton Augusto de Souza foi condenado a 22 anos de prisão por participar do planejamento e fornecer a arma usada no crime.
  • Adriano Viana de Oliveira foi condenado a 23 anos  e 6 meses. Ele entrou na casa lotérica, pegou o dinheiro e conduziu a moto roubada.
  • Handerson Gonçalo Evangelista foi condenado a 23 anos. Ele ficou na porta da lotérica ameaçando as pessoas e atirou no policial: 23 anos;
  • Angelo Gabriel Francisco Costa da Silva foi condenado a 21 anos. Ele participou do planejamento, pegou o carro da mulher, foi buscar a dupla no bairro da Saúde e os levou para sua casa.

O juiz entendeu que a esposa de Angêlo, e um mecânico que havia dado uma resposta errada a polícia, não tiveram participação no crime e foram absolvidos, retornando em liberdade.

Com informações do Blog do Airton Chips

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.