PousoAlegrenet

Menu

Atendente de hospital de Pouso Alegre teria dado golpe em paciente

Funcionária pediu mais de R$ 6 mil ilegalmente a um pai para garantir procedimentos para seu filho. Funcionária foi demitida.

Uma funcionária do Hospital das Clínicas Samuel Libânio é acusada de dar um golpe em um paciente. Segundo o Pai do paciente, a funcionária pediu ilegalmente mais de R$ 6 mil para garantir vagas em Hospital e procedimentos médicos.

Segundo a direção do Hospital, a funcionária que se chamaria Suellen foi demitida. Ela teria alegado a direção que teria pego o dinheiro para tentar ajudar o paciente a garantir uma vaga, procedimento este que é ilegal.

O paciente, Leandro Pereira Nogueira, precisa fazer uma cirurgia no valor de R$ 30 mil, e que não pode ser feita pelo SUS. Decepcionado, o aposentado Lauro Nogueira tenta buscar forças para solucionar de vez o problema do filho mais velho.

Confira abaixo a matéria produzida pela TV Record Minas:

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.