PousoAlegrenet

Menu

Vacinação antirrábica em Pouso Alegre começa no dia 20 de julho

Todos os cães e gatos devem ser vacinados contra a raiva

Folder: Divulgação Prefeitura

Folder: Divulgação Prefeitura

Vacinação antirrábica em Pouso Alegre começa no dia 20 de julho

A Prefeitura Municipal de Pouso Alegre, em parceria com o Ministério da Saúde e com a Secretaria de Estado de Saúde, iniciará a vacinação antirrábica para cães e gatos nesta segunda-feira, 20. As ações vão até o dia 08 de agosto, de acordo com o calendário da Secretaria Municipal de Saúde. Na zona rural, a vacinação será de 20 de julho a 13 de agosto e na zona urbana, nos sábados 25 de julho, e 01 e 08 de agosto.

O atendimento será realizado por uma equipe de profissionais das secretarias municipais de Saúde, Meio Ambiente e Agricultura, incluindo enfermeiros e veterinários. Haverá uma equipe móvel para suporte em caso de socorro a animais que necessitem de maior apoio técnico.

A doença

Os animais devem ser imunizados contra a raiva anualmente, a partir dos três meses de vida. Esta é uma doença fatal causada por um vírus que ataca todos os mamíferos. Ela pode levar à morte em quase 100% dos casos.

A doença é transmitida para humanos principalmente pela mordida e também por arranhões, unhadas ou lambidas de animais doentes. Os principais sintomas são coceira, dor de cabeça e coma. Caso o animal seja desconhecido, é preciso se vacinar. Se tiver com a dose em dia, apenas observe os sintomas e, caso haja alguma mudança, procure um médico ou veterinário. Após a agressão a pessoa deve lavar a ferida com água e sabão e procurar a Unidade de Saúde mais próxima da residência para tomar a vacina contra a raiva. São aplicadas até cinco doses, dependendo do caso.

Nos animais, pode haver muita salivação, mudança de comportamento, fuga ou morte. O animal geralmente para de comer, procura ficar em locais mais escuros e não consegue ingerir líquido. Pode ficar agressivo, babar e seu latido normalmente fica rouco e prolongado como um uivo.

Neste período o animal deve ser mantido preso em local seguro por dez dias, com água e comida à vontade. É preciso evitar o contato próximo e não permitir que outras pessoas ou animais se aproximem dele.

Alguns infectologistas afirmam que os dentes do gato são mais afiados e podem, além de raiva, transmitir tétano e outras bactérias. Se os cortes forem pequenos, não se devem fazer pontos, para evitar complicações.

Prevenção

Para se prevenir é importante que o cão ou gato seja vacinado anualmente e não fique solto nas ruas. Passeie com o animal sempre preso em coleira, não mexa com animais desconhecidos ou doentes e nunca separe brigas de animais. Descarte os lixos nos locais corretos, para que os animais não tenham acesso a qualquer tipo de contaminação.

Confira o cronograma de vacinação

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.