PousoAlegrenet

Menu

“Greve da Saúde” em Pronto Atendimentos é suspensa por liminar em Pouso Alegre

Atendimento no Bairro São Geraldo e São João voltou a ser realizado integralmente.

Pronto Atendimento do São Geraldo também adere à greve em Pouso Alegre. Imagem: Reprodução EPTV

Pronto Atendimento do São Geraldo também adere à greve em Pouso Alegre. Imagem: Reprodução EPTV

A greve realizada por servidores dos Pronto Atendimentos do Bairro São Geraldo e São João em Pouso Alegre foi suspensa nesta quarta-feira (12), após determinação da justiça. Segundo a liminar expedida pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais, a greve foi considerada ilegal e desproporcional. Em caso de descumprimento, o sindicato teria que arcar com multa de R$ 5 mil por dia.

O presidente do sindicato, Luís Antônio dos Santos, informou que a decisão judicial foi acatada e que os funcionários voltaram ao trabalho. Segundo funcionários do bairro São Geraldo, a greve foi encerrada na tarde desta terça, logo que saiu a liminar da Justiça.

Enfermeiros, auxiliares administrativos e de enfermagem dos dois Pronto Atendimentos estavam em greve desde o dia 04 de agosto. Durante a paralisação, apenas atendimentos de urgência e emergência vinham sendo realizados. O movimento reivindicava o pagamento integral de horas extras, maior oferta de medicamentos e equipamentos e manutenção de uma ambulância no Bairro São Geraldo.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.