PousoAlegrenet

Menu

Câmara recebe monitores para discutir benefícios para a categoria

Monitores querem integrar o quadro do magistério, que é regido por um estatuto próprio, e receber parte dos recursos do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica

Vereadores ouvem reivindicações de representantes dos monitores. Foto: Divulgação Câmara

Vereadores ouvem reivindicações de representantes dos monitores. Foto: Divulgação Câmara

Os vereadores receberam na noite desta quinta-feira (16) cerca de 50 representantes de monitores que atuam nas creches de Pouso Alegre. Em pauta, uma série de reivindicações da categoria, que pede melhores condições de trabalho e novos benefícios trabalhistas. O encontro contou com a participação da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Lazer da Câmara, presidida pelo vereador Mauricio Tutty, do presidente da Câmara, , os vereadores e e o presidente do Sincato dos Servidores Públicos, Antônio dos Santos Campanha.

Na reunião, que ocorreu no Plenarinho da Casa, os monitores fizeram um relato das atuais condições de trabalho nas creches da cidade e pontuaram as principais reivindicações da categoria. Dois pontos são centrais para os monitores. Eles querem integrar o quadro do magistério, que é regido por um estatuto próprio, e receber parte dos recursos do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (Fundeb).

Estes e outros 13 pontos foram registrados em um documento que será entregue à Secretaria de Educação em uma ação conjunta da Câmara, Sisempa e representantes dos monitores. Para o presidente da Câmara, , a pauta de reivindicações construída com a ajuda do Legislativo dá foco para o movimento e facilita o diálogo com o Executivo na busca por melhores condições de trabalho, remuneração e reconhecimento para os profissionais. “Os vereadores mais uma vez se mobilizaram para reforçar uma pauta de reivindicações que merece toda atenção do poder público. Este é um dos papéis fundamentais do Legislativo, funcionar como uma ponte de diálogo, que aponte um caminho possível para solução de problemas”, avaliou.

O presidente da Comissão de Educação, o vereador Mauricio Tutty também ressaltou a importância do diálogo aberto pelos vereadores. Mas ele ressaltou a importância de o movimento focar em reivindicações fundamentais e avaliar sua legalidade, de forma a se construir uma pauta possível. Para os vereadores e , é importante que os profissionais sejam valorizados pelo município. Eles consideram que o trabalho realizado por eles é de vital importância para a comunidade. Portanto, caminhar para uma solução que os atenda da melhor maneira possível é justo e vantajoso para todos.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.