PousoAlegrenet

Menu

Duque de Caxias volta a ter desembarque de passageiros

Estimativa da secretaria de Trânsito é de que cerca de 20000 pessoas movimentem a região. Mudança deve ficar em avaliação por cerca de 60 dias.

Duque de Caxias volta a ter desembarque de passageiros. Foto: Assessoria

Duque de Caxias volta a ter desembarque de passageiros. Foto: Assessoria

Com a mudança definitiva do ponto final do ônibus para a Praça João Pinheiro, a Av. Duque de Caxias perdeu boa parte do movimento. O comércio da região foi o principal atingido. Insatisfeitos com a situação, comerciantes da região procuraram os poderes legislativo e executivo para obter soluções.

Em meados de agosto, o vereador Mauricio Tutty, que é o atual lider do executivo na Câmara, promoveu um debate sobre a questão, afim de amenizar o impacto no cotidiano desses profissionais. Na ocasião, uma proposta da prefeitura foi aprovada e começa a ser executada esta semana.

Segundo a proposta, a Avenida Duque de Caxias permanece com o embarque e desembarque de todas as sete linhas rurais, num total de 76 viagens e cerca de 8700 passageiros por dia. Além disso, mais 13 linhas urbanas (Faisqueira, Cidade Jardim, Chaves, Ribeirão, Esplanada, Jardim Floresta, Shopping, Distrito Industrial, JK, Belo Horizonte, Santo Expedito, Jardim Aeroporto e Jardim Califórnia) passam a realizar o desembarque no local, somando mais 232 viagens e cerca de 11200 usuários do transporte.

Segundo o vereador, a equipe técnica da secretaria de trânsito realizou estudos para que as alterações não prejudiquem os usuários nem a fluidez no trânsito. A mudança deve ficar em avaliação por cerca de 60 dias.

Tutty durante o uso da tribuna. Foto: Assessoria

Tutty durante o uso da tribuna. Foto: Assessoria

Durante o seu discurso na sessão ordinária desta terça-feira (15), o vereador tratou sobre o assunto e surpreendeu ao reconhecer o empenho do diretor da concessionária ao promover as alterações. “Eu quero agradecer dois Rogérios hoje; o servidor da secretaria de Trânsito que, junto aos demais membros da equipe estudaram a viabilidade dessa alteração e também ao Bertolucci, diretor da , que entendeu a necessidade dessa adequação. Eu venho há meses criticando, mas é também preciso reconhecer quando algo bom é executado”, afirmou o parlamentar.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.