PousoAlegrenet

Menu

Segunda dose da vacina contra o HPV já está disponível nos Centros de Saúde

A vacina evita a contaminação com o vírus causador do câncer de colo de útero

Foi iniciada na última semana a segunda etapa da vacinação contra o papilomavírus humano, o conhecido HPV. As vacinas já estão disponíveis nos Centros de Saúde e a meta a ser alcançada pelo município de Pouso Alegre é de 80% do público alvo. A imunização evita a contaminação com o vírus causador do câncer de colo de útero. As ações são realizadas em parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde, o Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado de Saúde.

A vacina é destinada a meninas que receberam a 1ª dose em março de 2015 e receberão agora a 2ª; as que iniciaram o esquema no ano de 2014 e ainda não se vacinaram pela segunda vez; jovens de 09 a 13 anos que ainda não receberam nenhuma dose; e jovens que vivem com o vírus da imunodeficiência humana, o HIV, que independente da dose a ser administrada, deverão ser encaminhadas ao Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), para devidas orientações e administração da vacina.

Os enfermeiros de cada Centro de Saúde Municipal estão atuando nas escolas, visando estimular as meninas para que recebam a 2° dose da vacina nas unidades mais próximas de cada residência, durante todo o mês de setembro. É importante estar portando o Cartão de Vacinas no momento da aplicação.

HPV

A vacina é extremamente segura e protege contra os principais sorotipos da doença. Ela evita o câncer de colo de útero, que é a terceira causa de morte entre mulheres em Minas Gerais. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), mais de 500 mil mulheres morrem anualmente no mundo devido a esse tipo de câncer.

A maioria das mulheres entra em contato com o vírus durante as primeiras relações sexuais, porém, o câncer vai se manifestar somente mais tarde, na vida adulta. Por isso a vacina é realizada nesta faixa etária, em meninas que ainda não se iniciaram na vida sexual. Para garantir a proteção são necessárias as três doses, sendo a 2ª seis meses após a 1ª e a 3ª cinco anos após a 1ª, como reforço.

Neste ano apenas 51,67% das meninas do estado de Minas Gerais tomaram a 1ª dose da vacina, que começou a ser aplicada em março. Em 2014, foram vacinadas as meninas de 12 e 13 anos, com cobertura vacinal superior a 100% na 1ª dose. Porém, na 2ª, a adesão foi menor, apenas 71.88% das meninas compareceram aos postos.

A partir de 2016 a vacina passa a fazer parte do calendário de rotina, estará disponível em todos os postos de saúde e será destinada a meninas de nove anos de idade.

Acredita-se que nos próximos 20 anos a doença fique no passado da história da saúde pública brasileira, desde que se una a imunização, o exame ginecológico (Papanicolau) e o uso do preservativo.

A vacina distribuída no Sistema Único de Saúde (SUS) é quadrivalente, ou seja, protege contra quatro tipos de HPV: seis,11,16 e o 18. Os tipos HPV 16 e 18 são responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer do colo do útero em todo o mundo. A vacina contempla ainda dois tipos de HPV de baixo risco, seis e 11, responsáveis por cerca de 90% das lesões anogenitais.

Centros de Saúde que estão realizando a vacinação contra o HPV

Unidade Materno Infantil – Bairro São Geraldo
Centro Saúde Puericultura – Centro
Centro Saúde Jardim Brasil
Centro Saúde Pão de Açúcar
Centro Saúde Belo Horizonte
Centro Saúde Cidade Jardim – localizado na Casa Dia
Centro Saúde Árvore Grande
Centro Saúde Yara
Centro Saúde CAIC São João
Centro Saúde Colinas Santa Bárbara
Centro Saúde Esplanada
Centro Saúde Algodão

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.