PousoAlegrenet

Menu

Faculdade de Direito do Sul de Minas apoia movimento Outubro Rosa

Instituição mudou a iluminação de sua fachada para a campanha.

A faculdade mudou a iluminação de sua fachada do tradicional azul para o rosa. Foto: Assessoria

A faculdade mudou a iluminação de sua fachada do tradicional azul para o rosa. Foto: Assessoria

A FDSM lançou nesta semana sua campanha de apoio ao movimento Outubro Rosa, cujo objetivo é conscientizar a sociedade sobre a importância da prevenção do câncer de mama.  A faculdade investiu na iluminação de sua fachada, que mudou do tradicional azul para o rosa. “Conscientizar sobre a importância da prevenção do câncer de mama é ajudar a salvar vidas. Por isso a FDSM apoia o Outubro Rosa, mostrando aos seus alunos, colaboradores e à população o quanto é relevante propagarmos essa conscientização”, ressaltou , diretor da instituição.

Alunos e colaboradores elogiaram a ação da FDSM. A acadêmica Thaís Carvalhaes mostrou-se orgulhosa pela iniciativa da faculdade. “Fico feliz em fazer parte da FDSM e ver seu apoio às causas sociais. É gratificante ver que todo o prestígio e influência que a instituição tem na região estão sendo utilizados para propagar o Outubro Rosa, uma campanha muito importante para todos nós. Maravilhosa a iluminação da fachada, que destacou o belo propósito da campanha”, disse.

O aluno Fagner Romani também elogiou a campanha da Faculdade. “O Outubro Rosa é uma campanha internacional de prevenção ao câncer de mama. E a FDSM, sempre demonstrando sua preocupação com as questões sociais, não deixou de participar. Considero a iniciativa essencial para conscientização da comunidade local. Nossa faculdade, com sua bela arquitetura, fica ainda mais bonita com a iluminação em apoio a este movimento”.

A colaboradora Carla Silva destacou a importância da ação para a sociedade. “A Faculdade de Direito do Sul de Minas busca sempre estar inserida em questões voltadas para a responsabilidade social, e esta ação, além de muito criativa, é uma forma de incentivo às pessoas, para estarem atentas à sua saúde, que é o bem mais valioso que temos”, disse.

Alunos e colaboradores elogiaram a ação da FDSM. Foto: Assessoria

Alunos e colaboradores elogiaram a ação da FDSM. Foto: Assessoria

Sobre o Outubro Rosa

O movimento conhecido como Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a importância da detecção precoce da doença. No Brasil, a primeira manifestação de apoio ao movimento aconteceu no ano de 2002, e ao longo dos anos vem sendo intensificada.

Em todo o mundo, o grande investimento no movimento Outubro Rosa se justifica pela alta incidência do câncer de mama. Segundo dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer José Alencar da Silva), o câncer de mama é o segundo tipo mais comum entre a população feminina mundial e brasileira (depois do câncer de pele não melanoma), respondendo por cerca de 25% dos novos casos a cada ano. O câncer de mama também ataca os homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença. Em 2015, uma pesquisa realizada pelo instituto apontou 57.120 novos casos da doença, que ocorre de maneira progressiva acima dos 35 anos, especialmente após os 50 anos.

Neste ano, a campanha Outubro Rosa promovida pelo INCA tem como objetivo fortalecer as recomendações para o diagnóstico precoce e rastreamento de câncer de mama preconizadas pelo Ministério da Saúde, desmistificando crenças em relação à doença e às formas de redução de risco e de detecção precoce. Mais informações no sitehttp://www.inca.gov.br/.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.