PousoAlegrenet

Menu

Livros de escritores pouso-alegrenses ganham exposição

A exposição vai de 23 a 29 de outubro, na Biblioteca Municipal

Livros de escritores pouso-alegrenses estão em exposição na Biblioteca Municipal

Livros de escritores pouso-alegrenses estão em exposição na Biblioteca Municipal

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo deu início na sexta-feira (23), a exposição em comemoração a Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, que prestará homenagem aos escritores pouso-alegrenses. As atividades estão sendo realizadas na Biblioteca Municipal Prisciliana Duarte de Almeida, situada à Praça Senador José Bento, 02, Centro, das 10h às 16h e vão até o dia 29 de outubro, quando os visitantes poderão prestigiar a exposição dos livros e conhecer a biografia dos autores.

A exposição conta com cerca de 100 livros escritos por pouso-alegrenses, sendo de 89 escritores diferentes. O volume mais antigo encontrado no acervo é “Catas”, de Amadeu de Queiroz, com edição de 1956. Este livro, que conta a história da descoberta do ouro na então cidade de Santana, foi reeditado em 2014, pelo Prefeito Municipal de Silvianópolis, Benedito Porfírio Borges.

Na exposição também podem ser encontrados os livros dos escritores Jorge Beltrão, João Beraldo, Tuany Toledo, Octávio Miranda Gouveia e Benedito Camargo Madeira. Recentemente a Biblioteca recebeu exemplares dos livros Meninos que Vi Crescer, de Airton Chips; Mercado Municipal de Pouso Alegre, de Ana Eugênia Andrade; e Teatro Municipal de Pouso Alegre – MG, Sua Trajetória através dos Tempos, de Maristela Saponara Corrêa.

O nome dado a Biblioteca Municipal é uma homenagem a escritora pouso-alegrense Prisciliana Duarte de Almeida, nascida em 05 de junho de 1867, fundadora da revista Mensageira, que publicou diversos livros e foi à primeira mulher a pertencer a Academia Paulista de Letras.

De acordo com a Secretaria de Cultura e Turismo, Pouso Alegre possui mais escritores, porém os livros selecionados para a exposição são os que pertencem ao acervo da Biblioteca.

Biografia de Amadeu de Queiroz

Amadeu de Queiroz foi um escritor nascido em Pouso Alegre, no dia 25 de março de 1873. Filho do farmacêutico Joaquim Augusto Moreira de Queiroz, fundador da farmácia Queiroz e de Prisciliana Leopoldina de Castro Queiroz. Amadeu foi um militante político de destaque na cidade, que mantinha correspondências com o jornalista e político Júlio de Castilhos e com o escritor e político Rui Barbosa. Foi indicado para a Academia Paulista de Letras, mas devido ao seu estado de saúde não chegou a tomar posse. Faleceu no dia 28 de outubro de 1955, aos 80 anos.

Alguns de seus livros são Praga do Amor, Pouso Alegre, Sabina, Senador José Bento, O Intendente do Ouro, Provérbios e Ditos Populares e A voz da Terra.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.