PousoAlegrenet

Menu

Dono de boate suspeita de promover ‘rodízio de mulheres’ é preso em Pouso Alegre

Homem pode responder por exploração da prostituição e por destruir provas importantes para o processo.

Ricardo Costa foi preso em Pouso Alegre. Imagem: Michel Diogo / Reprodução EPTV

Ricardo Costa foi preso em Pouso Alegre. Imagem: Michel Diogo / Reprodução EPTV

O empresário Ricardo Costa, dono de uma boate em Poços de Caldas que era suspeita de promover uma festa com ‘Rodizio de Mulheres’ em novembro deste ano, foi preso nesta quinta-feira (26) em uma casa em Pouso Alegre.

Segundo a Polícia Civil, ele pode responder por exploração da prostituição e por destruir provas importantes para o processo. De acordo com a delegada do caso, Ricardo já teria duas passagens formais pela polícia, por roubo qualificado e latrocínio.

A prisão foi preventiva e Ricardo deverá ficar preso por tempo indeterminado.

‘Rodízio’ a R$ 150

O caso ganhou repercussão após viralizar na internet um cartaz que dizia que por R$ 150 o cliente poderia se relacionar com quantas mulheres de programa quisesse. No entanto, a festa foi cancelada porque a casa noturna não tinha o alvará necessário

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.