PousoAlegrenet

Menu

Gladiadores levam futebol americano para o Colégio Estadual

O lançamento do projeto "Gladiadores do Futuro" no Colégio Estadual foi feito na manhã desta sexta-feira (13), na escola. Em período extracurricular, as aulas começam na próxima semana para alunos de 15 a 18 anos

Projeto 'Gladiadores do Futuro' é lançado no Colégio Estadual. Foto: Ascom

Projeto ‘Gladiadores do Futuro’ é lançado no Colégio Estadual. Foto: Ascom

O Pouso Alegre Gladiadores está levando o futebol americano para mais uma escola do município. Desta vez, porém, a modalidade vai ser inserida em uma escola da rede estadual de ensino. É a primeira vez que isso acontece e, de cara, na mais tradicional, a Escola Estadual José Marques de Oliveira, o Colégio Estadual. O esporte será incluído no currículo dos alunos do ensino médio como atividade extracurricular.

O lançamento do projeto “Gladiadores do Futuro” no Colégio Estadual foi feito na manhã desta sexta-feira (13), na escola. A cerimônia contou com a participação da superintendente regional de Ensino, Andréa Adão, da diretora do Colégio, Caroline Zampieri, e do presidente da Câmara de Vereadores de Pouso Alegre, o vereador (Rede), um dos apoiadores do projeto.

O ensino regular da modalidade começa a partir da próxima semana. Os instrutores do Pouso Alegre Gladiadores ensinam teoria e prática do futebol americano na escola todas as sextas-feiras, a partir das 16h. Considerado um esporte inclusivo, que pode ser praticado por pessoas de todos os biotipos, o futebol americano se baseia em um misto de estratégia e trabalho em grupo , com enorme potencial pedagógico para a educação de jovens.

O colégio é o primeiro da rede pública estadual a receber a modalidade. No município, as escolas Dom Otávio e Dr. Vasconcelos Costas já participam do projeto. “O Colégio Estadual tem uma cultura esportiva já estabelecida. Por isso, estar aqui é muito importante para os Gladiadores. Aqui, poderemos desenvolver um trabalho com alunos de 15 a 18 anos, garantindo que quando chegarem à categoria adulto eles já estarão mais alinhados com a filosofia do futebol americano, que está relacionada ao respeito, à dedicação e atitude”, analisa o presidente da Associação Pouso Alegre Gladiadores, Jonathas Silva Coelho.

Trabalhar disciplina e inclusão são algumas das possibilidades pedagógicas que os educadores veem na modalidade. A avaliação é da diretora do Colégio, Caroline Zampieri. “Ele abrange todos os perfis e ainda nos dá a oportunidade de trabalhar valores como a união e a elaboração de estratégias. É um marco para o colégio, que passa a ser pioneiro na implantação da modalidade. A partir de nós, muitas outras virão”, projeta.

Mesa de honra na cerimônia oficial de lançamento do projeto. Foto: Ascom

Mesa de honra na cerimônia oficial de lançamento do projeto. Foto: Ascom

A superintendente de ensino, Andréa Adão, ressalta que a implantação da modalidade a partir do Colégio Estadual não foi por acaso. “Se trata da maior escola estadual da cidade, com mais de 1,5 mil alunos. O projeto foi aprovado pela Secretaria Estadual de Educação e, a partir deste marco inicial, iremos trabalhar para beneficiar o maior número possível de alunos”, diz.

A busca por ferramentas pedagógicas inclusivas deve propiciar a ascensão do futebol americano no ensino. Como avalia o vereador : “A Câmara vem, por meio de suas comissões, apoiando todas as ações esportivas de cunho educacional e social. Nós, também por meio de nosso mandato, abraçamos a causa do futebol americano por ser uma modalidade altamente inclusiva. É um esporte que permite que todos participem. O alto, o baixo, o magro e o gordo podem praticar o esporte trabalhando juntos dentro de uma equipe”, considera.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.