PousoAlegrenet

Menu

Tutty lamenta mentiras criadas sobre o Feriado da Consciência Negra

Mesmo com a promulgação da Lei, comentários falsos questionam validade do Feriado do Dia da Consciência Negra

Elaborado pelo vereador Mauricio Tutty com o objetivo de promover uma grande discussão acerca da igualdade racial e a luta contra o racismo, o projeto de lei que criou o feriado para a Consciência Negra gerou polêmica. Foram inúmeras tentativas de corromper o caráter social da proposta e após intensos debates, a Lei nº 5634/2015 foi finalmente sancionada pelo Prefeito, na tarde da última sexta-feira (13).

Apesar da grande aprovação popular, conferida nos comentários das redes sociais e também num abaixo-assinado online, a aprovação da data desagradou uma minoria, que tem espalhado boatos falsos sobre a validade da lei. Entre os boatos, estavam de que o feriado seria facultativo.

Mauricio Tutty desabafou sobre mentiras criadas em relação ao Feriado. Foto: Ascom Câmara

Mauricio Tutty desabafou sobre mentiras criadas em relação ao Feriado. Foto: Ascom Câmara

Em seu discurso na tribuna, o vereador Mauricio Tutty ressaltou a importância do feriado e lamentou essa postura que vai contra o espírito da proposta criada por ele.

“É feriado sim, mas eu penso que, se talvez já discutíssemos a revogação dessa lei, nós já teríamos alcançado parte do nosso objetivo: que era produzir a discussão sobre preconceito e o racismo que existe em PA; que está além da discussão econômica, que é um mote para manter um apartheid que quer delegar ao negro o espaço da senzala. Essas polêmicas geradas são lamentáveis para o povo de uma cidade que é referência regional e de quem se espera um nível cultural mais elevado”, desabafou.

O feriado já vale para o ano de 2015 e será comemorado em todo dia 20 de novembro. Confira o que funcionará em Pouso Alegre na data.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.