PousoAlegrenet

Menu

Perfis do legislativo: Vereadora Dulcinéia Costa

A série Perfis do Legislativo é uma parceria da Coordenadoria de Comunicação da Câmara de Vereadores com os veículos de comunicação de Pouso Alegre. Seu objetivo é estreitar o relacionamento dos pouso-alegrenses com os seus representantes, prestando contas do trabalho dos vereadores, apresentando suas ideias e pontos de vista. A seguir, a entrevista número 4:

Vereadora Dulcineia Costa. Foto: Ascom Câmara

Vereadora Dulcineia Costa. Foto: Ascom Câmara

Poucas pessoas podem dizer com a convicção da professora Dulcinéia Maria Costa que dedicaram uma vida à Educação. A vereadora começou a lecionar aos 18 anos. Daí em diante, fosse em sala de aula, fosse na militância dos sindicatos, o ensino seria uma palavra de ordem em sua vida. Aprovada em concurso público tornou-se supervisora. Atuou como educadora em escolas de educação infantil dos bairros São Geraldo, São Cristóvão, Santa Edwirges, Fazenda Grande e Antônio Mariosa. Hoje, no terceiro ano de seu segundo mandato, está licenciada como servidora municipal, mas segue como supervisora no SENAI.

É militante e uma das fundadoras do Sindicato dos Professores do Magistério (SIPROMAG) e também uma das fundadoras do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Pouso Alegre. Foi eleita em 2008 com 1.020 votos pelo Partido Verde (PV). Destacou-se como líder governista combativa e uma das responsáveis por manter a base de sustentação de um governo que não tinha maioria na Câmara. Reeleita em 2012 com 1.051 votos faria história ao se tornar a primeira presidenta da Câmara de Vereadores de Pouso Alegre.

Na entrevista a seguir, Dulcineia aponta caminhos para que seja restabelecida a confiança entre representantes e representados e vê na reconstrução desta relação a única forma possível de retomar a política que sirva verdadeiramente à população:

Do seu ponto de vista, qual é hoje o maior desafio do Legislativo em Pouso Alegre?

: “O grande desafio do Legislativo é recuperar sua credibilidade junto à população. A partir do restabelecimento dessa confiança, que passa pela atuação do vereador em suas bases, poderemos dar um passo adiante e discutir de maneira mais produtiva os temas mais relevantes, que são aqueles que vão interferir no dia a dia das pessoas, como mobilidade urbana, saúde e educação. Mas o debate sincero de cada uma dessas questões depende de um grande esforço da classe política para que se recupere a legitimidade juntos aos eleitores.”

 Como o Legislativo pode contribuir para garantir o desenvolvimento sustentável e o crescimento ordenado da cidade?

D.C.: “Com o estudo e análise responsável dos projetos que são elaborados ou encaminhados para a Câmara Municipal, ouvindo sempre as pessoas com conhecimento dos assuntos, que são os técnicos e especialistas. Ao mesmo tempo, é preciso garantir a participação da comunidade no processo decisório, de modo que as leis ganhem legitimidade. É necessário ainda, cobrar dos órgãos competentes que a legislação seja cumprida. No momento, a Câmara precisa trabalhar para agilizar o processo de mobilidade urbana, por exemplo, que é setor que afeta a todos diariamente. De sua eficácia, depende uma parte importante daquilo que entendemos como qualidade de vida. Todas as grandes cidades do mundo, de Paris, Londres e São Paulo, já entenderam que esta é uma das grandes questões do século XXI. Não existirá vida urbana saudável sem que as pessoas possam ir e vir em um ambiente de boa convivência, segurança, saúde e infraestrutura eficiente. Esta é uma missão importante que passa pela atuação do Legislativo.”

Qual o maior legado do seu mandato?

D.C.: “Aquele que consideramos o maior trabalho do nosso mandato é sem dúvida as ações voltadas para a Educação. Seja por meio da aprovação de leis, indicações e ofícios, nosso mandato tem como norte o desenvolvimento do ensino municipal. Tendo dedicado a minha vida à educação, acredito que ela é a ferramenta fundamental para promover transformações duradoras de ordem social, cultural e econômica. Desse trabalho, podemos exemplificar conquistas importantes para o cenário educacional de Pouso Alegre. É o caso da indicação ao Executivo do Projeto que criou o Cursinho Municipal Pré-Enem e Pré-Vestibular Gratuito. O projeto foi implantado em 2013 e atende jovens das escolas públicas ou bolsistas integral de escolas particulares, e hoje, já tem mais de 80% dos jovens aprovados em renomadas universidades, inclusive federais. Há ainda a emenda que contemplou a compra de teclados e violões para as escolas municipais, proporcionando a formação das crianças nas oficinas realizadas pelos professores de Artes da rede municipal, que já tem excelentes resultados. São exemplos disso as apresentações da Estação Cultural pelos Caminhos de Minas – Milton Nascimento e a gravação do DVD de Natal dos corais do município.”

Tem mais algum projeto importante a ser desenvolvido até o final do seu mandato?

D.C.: “Temos um grande projeto pelo qual temos trabalhado intensamente. Trata-se da conclusão, até 2016, do Plano de Carreira do Magistério, de acordo com o Plano Municipal de Educação, que já está bem adiantado. Também espero que seja atendida uma emenda ao orçamento para construção de uma nova Secretaria na entrada da Escola Municipal Antônio Mariosa, visando à segurança dos alunos e profissionais da escola. Também já está tramitando na Câmara, aguardando votação, o projeto que cria o Diploma de Honra ao Mérito a ser conferido em sessão especial aos Servidores Públicos Municipais aposentados de Pouso Alegre.”

Raio-X da vereadora

  • Primeira mulher a assumir a Presidência do Legislativo de Pouso Alegre.
  • Mais de 500 ofícios ao Poder Executivo e outros órgãos públicos. Diretora da Escola do Legislativo Professor Rômulo Coelho.
  • Diversas emendas ao orçamento do município foram apresentadas pela parlamentar, dentre elas, destaca-se a que contemplou a compra de teclados e violões para as escolas municipais.
  • Apoio ao Projeto Estação Cultural, que fechará o ano com a gravação do DVD de Natal dos corais municipais.
  • 17 Projetos de Lei apresentados destacando-se o “Dia Municipal do Agricultor Familiar e a Semana da Agricultura Familiar”.
  • Indicação ao Executivo do Projeto de Lei que criou o Cursinho Municipal Pré-Enem e Pré-Vestibular Gratuito, que já tem mais de 80% dos jovens aprovados em renomadas universidades, inclusive federais.
  • Cinco projetos de resolução foram apresentados pela vereadora, dentre eles o que criou a Ouvidoria do Legislativo.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.